Reabertura pós Pandemia dos principais países de intercâmbio: Quando embarcar?

Muitos que estavam às vésperas de fazer um intercâmbio acabaram tendo que postergar a viagem por conta da Pandemia de Coronavírus. Aos poucos, vemos notícias dos países fazendo sua reabertura econômica, mas quando vamos de fato haverá a retomada do intercâmbio e turismo?

A data ainda não é clara por uma série de motivos, mas vamos ver quais países de intercâmbio estão destinos mais próximos disso e porque.

Por fim, analisar o Brasil, porque não adianta os países abrirem se as portas estiverem fechadas para países ainda com muitos infectados. Ao mesmo tempo, algumas pessoas já estão embarcando, mesmo considerando os riscos de saúde e, até mesmo, de deportação em alguns países. Se esta for a sua decisão, siga todo protocolos de segurança e aproveite muito a sua experiência!

Enfim, vamos nessa? 🙂

Reabertura Econômica da Covid para Intercâmbio ou Turismo, após a Pandemia
Reabertura Econômica e para Intercâmbio ou Turismo nos Países – 3-Outubro-2020

#1 – Reabertura da Nova Zelândia

Primeira-ministra Jacinda Ardern sorri durante coletiva de imprensa nesta segunda-feira (8) — Foto Mark MitchellNew Zealand Herald via AP - Fonte G1
Primeira-ministra Jacinda Ardern sorri durante coletiva de imprensa nesta segunda-feira (8) — Foto Mark Mitchell New Zealand Herald via AP – Fonte G1

O país de intercâmbio mais próximo da abertura econômica é a Nova Zelândia. Após ter feito um dos controles mais eficientes do mundo da epidemia (talvez a mais eficiente), o país que já tinha começado a retomar as atividades normais, deu um passo atrás recentemente. Porém, novamente o país agiu rapidamente e não tem mortes há semanas!

Ainda assim, provavelmente a Nova Zelândia será o primeiro a da reabertura do intercâmbio 🙂

Mesmo sendo a região com melhor controle, só agora Austrália e Nova Zelândia estão abrindo fronteiras para países da região, ainda assim com restrições. Qualquer estrangeiro, ou neozelandês vindo do exterior, precisa fazer quarentena.

Aliás, todas minhas reverências à Primeira-ministra Jacinda Ardern pela condução da crise.

Reabertura Intercâmbio - Casos de Covid na Nova Zelândia - 3-out-2020
Reabertura Intercâmbio – Casos de Covid na Nova Zelândia – 3-out-2020 – Fonte-Wikipedia-Google

#2 – Retomada Econômica da Austrália

Na Austrália, uma país grande, o relaxamento e reabertura tem sido diferente em cada um dos estados. O país tinha passado quase ileso pela grande onda que houve em todo mundo, mas teve um crescimentos dos casos recentemente.

Fato é que os Australianos estão considerando a abertura das fronteiras a partir de janeiro de 2021. Vamos torcer para que siga assim, por enquanto só pessoas da região.

Aparentemente, a Austrália conseguiu bom controle geral e a sua reabertura teve menos impactos do que outros lugares. Houve um pico, mas que em nada se compara com outros países e foi rapidamente controlado.

Reabertura Intercâmbio - Casos de Covid na Austrália - 3-out-2020
Reabertura Intercâmbio – Casos de Covid na Austrália – 3-out-2020 – Fonte-Wikipedia-Google

#3 – Intercâmbio e Covid na Irlanda

A Irlanda seguiu plano de reabertura econômica, fez revisões e antecipou várias das liberações. Na sequência, acabou a postergando a última fase de liberação e agora começa a ver um pequeno aumento nos casos, o mesmo que acontece em vários lugares da Europa.

Era prevista a reabertura de Pubs no dia 10 de agosto, mas isso só aconteceu dia 21 de setembro. A abertura das escolas já aconteceu parcialmente e dia 12 todas poderão abrir, mas com medidas de controle.

Por fim, a Irlanda já começa, que vinha com um desemprego abaixo de 5% antes da pandemia, chegou a bater quase 28% e agora está com 14,7%, reduzindo lentamente de agosto para setembro. Isso significa menos gente dependendo da ajuda do governo. A economia recomeça a girar, mesmo que ainda devagar.

A Irlanda quase zerou os casos novos de Covid-19, mas novas infectados cresceram muito nas últimas semanas. Por outro lado, a boa notícia é que o número de mortes continua quase zerado.

O país classificou as suas províncias (Counties) em 5 níveis, sendo o 1-Azul o mais livre e o 5-Vermelho mais restritivo. Veja o mapa para saber qual County está em qual nível e entenda o que nível significa aqui.

Apesar da ainda haver abertura para o turismo apenas para países “verdes” com os casos controlados, alguns brasileiros já chegam na Irlanda.

Reabertura Intercâmbio e Covid na Irlanda - 3-out-2020
Reabertura Intercâmbio – Casos de Covid na Irlanda – 3-out-2020 – Fonte-Wikipedia-Google

#4 – Malta

O pequeno arquipélago agiu rápido quando os primeiros casos chegaram ao país. Visto ser uma ilha e ter uma população pequena, o fechamento das fronteiras foi “simples” e eficiente.

Felizmente, com os esforços realizados, restaurantes, bares, cafés puderam abrir em maio, enquanto escolas e igrejas ficaram fechadas.

Dia 1 de Julho foi reaberto para turismo, com uma lista controlada de países aprovados. O Brasil, claro, não é um dos aprovados.

Economicamente, o país teve um dos maiores suportes para cidadãos e negócios. Por outro lado, Malta tem quase 1/4 da sua economia dependente do turismo e intercâmbio, o que pode atrasar a retomada geral do país.

Assim como o resto da Europa, nota-se aumento dos casos, mas ainda com mortes em níveis bastante controlados.

Reabertura Intercâmbio - Casos de Covid em Malta - 3-out-2020
Reabertura Intercâmbio – Casos de Covid em Malta – 3-out-2020 – Fonte-Wikipedia-Google

#5 – Reino Unido

O Reino Unido, que é um dos principais destinos de intercâmbio, foi também um dos que mais vem sofrendo com o Coronavirus. Depois de negarem a importância da pandemia, se tornaram um dos países com maior número de infectados e mortos, tendo até seu primeiro ministro em apuros.

O preço disso foi o alto número de vítimas e uma crise mais “resistente” do que em outros países, o Reino Unido passou quase 1 mês oscilando entre 4 e 6 mil casos novos por dia, sendo que 6000 tinha sido o pico deles. Agora, nesta “segunda onda”, chegou a 7000 e esperamos começar a descer. A boa notícia é que, assim como em outros lugares na Europa, o crescimento das mortes é mínima, completamente desproporcional ao número de casos.

Finalmente, o Reino Unido avançou bastante em um processo de Reabertura, porém está voltando atrás para conter o aumento de casos.

O país acaba de atualizar a lista de países-origem que devem fazer quarentena ao chegarem no Reino Unido. A lista aumentou!

Reabertura Intercâmbio - Casos de Covid nos Reino Unido - 3-out-2020
Reabertura Intercâmbio – Casos de Covid nos Reino Unido – 3-out-2020 – Fonte-Wikipedia-Google

#6 – Canadá, a Covid e Intercâmbio!

Assim como na Austrália, pelo tamanho do país, o Canadá tem planos por estado. As voltaram a funcionar em tempo integral já em setembro, em quase todo país. que vão colocando seus planos de reabertura em ação.

As fronteiras com os EUA, para viagens não essenciais, estão fechadas como medida de contenção para ambos países, mas o país abre para famílias se encontrarem.

O Canadá estava com certa estabilidade nos casos por dois meses. De qualquer forma, os casos começaram a subir para uma segunda e estados como Ottawa e Quebec reforçam sua políticas de distanciamento, ainda mais por conta da aproximação do inverno rigoroso que pode ser muito prejudicial às pessoas que forem procurar os hospitais.

Uma iniciativa legal no Canadá foi a possibilidade de fazer cursos de Estudo e Trabalho à distância. Para cursos elegíveis ao PGWP (Visto para Recém Graduados), você pode começar o curso online e ter acesso ao visto de trabalho ao final do curso, não é excelente? 🙂

Reabertura Intercâmbio e Covid no Canadá - 3-out-2020
Reabertura Intercâmbio – Casos de Covid no Canadá – 3-out-2020 – Fonte-Wikipedia-Google

#7 – Reabertura dos Estados Unidos

O país que resolveu ignorar o potencial destrutivo do coronavírus foi os EUA, o que fez com que ele se tornasse epicentro da pandemia e continuar assim até hoje.

A grande complicação dos Estados Unidos no enfrentamento à Covid (além da demora na ação e a inócua culpabilização da OMS, China e outros) é o fato da grandeza do país. Enquanto o pior já passou em Nova Iorque, outros estados vivem ainda dias difíceis, fazendo com que a curva descendente de casos seja muito muito mais lenta que em outros lugares.

O pico nos EUA foi em julho, com quase 80 mil casos em um dia, apesar dos esforços e do passar do tempo, ainda tem mais de 58 mil novos casos por dia, demonstrando que a redução “zero” vai demorar ainda alguns meses e a abertura para viajantes pode não estar tão próxima quanto gostaríamos.

A falta de unidade sobre como tratar o tema, vai postergando a volta à vida normal para todos e ainda mais para turistas e intercambistas que querem ir para os EUA.

Reabertura Intercâmbio - Casos de Covid nos EUA - 3-out-2020
Reabertura Intercâmbio – Casos de Covid nos EUA – 3-out-2020 – Fonte-Wikipedia-Google

#8 – Espanha

A Espanha, junto à Itália, se tornaram nossos centros das atenções em Março e Abril. Com imagens comoventes do lockdown, ainda não imaginávamos que isso poderia chegar aqui com tanta força.

Com bastante trabalho e muito distanciamento social a Espanha conseguiu reduzir muito a quantidade de casos. Porém, como estamos vendo nas notícias, os casos voltaram a crescer e o lockdown recomeça. Ao contrário do que pode parecer, eu vejo boas notícias nisso:

  • O número de mortes está relativamente pequeno em comparação ao crescimento nos casos.
  • Isso quer dizer que estão testando melhor e estão tratando melhor também!
  • Além disso, o lockdown está sendo feito de maneira “rápida”, mostrando que aprenderam algo com os problemas do primeiro semestre

Para nós, a bem da verdade é isso atrasa nossa volta ao intercâmbio na Espanha ou na Europa: 2021, é a nossa expectativa!

Reabertura Intercâmbio e Covid na Espanha - 3-out-2020
Reabertura Intercâmbio – Casos de Covid na Espanha – 3-out-2020 – Fonte-Wikipedia-Google

A reabertura para os intercambistas e Turistas… e a posição do Brasil

Do ponto de vista dos países, vemos que os países da Oceania tem maior chance de reabrir completamente suas economias, inclusive para escolas internacionais. A austeridade que trataram a crise do coronavírus deu esta vantagem a eles. A minha projeção inicial (4 meses atrás) era que até setembro poderíamos ter um relaxamento maior por lá para estrangeiros, mas não foi o caso.

Enquanto isso, as pequenas ilhas da Irlanda e Malta tiveram também relativo sucesso, talvez pelo tamanho, mas também por ter uma ação coordenada bem feita. Apesar dos níveis baixos de casos, ainda há muita cautela e está difícil fazer uma projeção adequada para qualquer lugar de Europa.

Neste momento, tudo indica que planejar o intercâmbio para a Europa e Canadá para o começo de 2021 seria a tentativa mais adequada.

EUA podem demorar um pouco mais visto ainda terem muitos casos e seria algo surpreendente ver o turismo reabrir ainda este ano, em especial nos EUA.

Ao mesmo tempo, não podemos olhar somente para os outros países, precisamos olhar para o Brasil.

Estamos em uma crescente dos casos de Coronavírus e nossos governantes não conseguem se conversar, nem mesmo ser transparentes no trato das informações.

Parece que passamos pelo pico, no geral , estamos reduzindo a quantidade de casos e mortes, mas com uma descida muuuuuuuito lenta. A “decisão” implícita do Brasil, foi fazer uma quarentena “meia-boca” e conviver com ela por muito tempo, em vez de tomar atitudes drásticas e reduzir rapidamente os casos com aconteceu em outros lugares do mundo.

Estamos pagando o preço com TEMPO!

Reabertura Intercâmbio - Casos de Covid no Brasil - 3-out-2020
Reabertura Intercâmbio – Casos de Covid no Brasil – 3-out-2020 – Fonte-Wikipedia-Google

Para concluir

Mesmo que alguns países como Nova Zelândia, Austrália e Irlanda abram suas portas para o mundo, eles podem (e devem) seletivamente fechar temporariamente para aqueles países que representarem um risco para a volta do Coronavírus. Hoje, o Brasil é um dos países que mais oferece este risco.

Os crescimento dos casos na Europa não me assusta muito por dois motivos: primeiro que a quantidade de mortes está muito menor que na “primeira onde, o que me faz imaginar que estamos testando mais e tratando melhor as pessoas; segundo que os países parecem ter entendido a gravidade e estão agindo de maneira mais austera para evitar maiores problemas.

Ao mesmo tempo, a esperança da vacina chegar logo vai se tornando mais real, de qualquer forma, é difícil imaginar que estaremos imunizados antes do meio de 2021.

Por fim, sugiro que mantenha o plano vivo e as contas em dia se possível. Pode demorar uns meses a mais ou menos, mas logo o mundão estará com a suas portas abertas par quem quer viajar, estudar ou trabalhar no exterior 🙂

Pronto para planejar seu intercâmbio? Preencha o formulário abaixo e fale com as melhores agências para planejar a viagem dos seus sonhos.

Homero Carmona

Blogueiro desde 2008, ano em que fez seu primeiro intercâmbio e começou a viajar por aí! Atualmente coleciona mais de 40 países no seu passaporte e sonha conhecer todos os 200 e poucos por este mudão a fora... Seu hobby é fazer com que mais gente viaje, todo dia, cada dia mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *