Costa Rica, Dia 2 – Vulcão Arenal, Catarata Rio Fortuna, Por do Sol e Termais

O segundo dia ”útil” na Costa Rica foi na famosa região de La Fortuna, lugar onde tudo gira em torno do Vulcão Arenal, o mais importante do país aparentemente.

Depois de um bom café da manhã (mas que me custou US$8), comecei a empreitada umas 9 e meia da manhã.

Catarata do Rio Fortuna

Fui à Catarata do Rio Fortuna. Fui de carro, mas as pessoas vão andando, uns 40 minutos de chão para os pedestres animados. US$ 10 de entrada e uma estrutura muito bacana. Nada de perrengue, tudo estruturado, escadas (muuuuitos degraus) para descer e um bonito restaurante.

A catarata é realmente linda e a água  tem um cor azul esverdeada. Fiquei feliz que a água era menos fria do que eu estava acostumado. Hehe

image
image

Tudo muito legal, mas acho estas entradas todas muito caras. Enfim. ..

Vulcão Arenal

Próxima parada foi o Parque do Vulcão Arenal. Tem um mirante para o Vulcão que se pode ir de carro ou a pé (800m) e uma trilha de 1:30 – 2h dependendo da sua velocidade. US$ 15 a entrada e estacionamento gratuito.

No caminho, pode observar animais na floresta, tem alguns mirantes para o vulcão e uma árvore gigante e famosa. Eu esperava mais do passeio, não teve nada demais.

Vista do Vulcão Arenal - Costa Rica
Vista do Vulcão Arenal – Costa Rica
Árvore Ceiba próximo ao Vulcão Arenal - Costa Rica
Árvore Ceiba próximo ao Vulcão Arenal – Costa Rica

Arenal Observatory Lodge é um hotel no alto da montanha que tem algumas trilhas e uma vista bacana para o vulcão e para o lago Arenal. US$10 a entrada também. Aproveitar para almoçar lá também (já era quase 4h da tarde).

Minha missão era ver o Por do Sol, mas São Pedro não colaborou muito. Mas acho que seria uma vista bacana, o sol se põe sobre o lago.

Árvore Ceiba próximo ao Vulcão Arenal - Costa Rica
Árvore Ceiba próximo ao Vulcão Arenal – Costa Rica

No caminho de volta para o hostel parei em uma termal. Tem váaaaarias, desde uma gratuita (que o pessoal do hostell falou que é muito perigosa), passando por Termales los Laureles – foi a que fui por US$ 12, chegando até verdadeiros parques aquáticos que cobram US$ 60 a diária.

Relaxei na água quente vulcânica por 1 hora e voltei para o hostel. Hora de arrumar a mochila para seguir viagem amanhã pela manhã.

Ah. .. tinha a opção de subir no Cerró Chato que é outro vulcão com vista para o Atenção e um lago lá no topo.  Parecia legal más tomaria 4 horas. =/

Homero Carmona

Blogueiro desde 2008, ano em que fez seu primeiro intercâmbio e começou a viajar por aí! Atualmente coleciona mais de 40 países no seu passaporte e sonha conhecer todos os 200 e poucos por este mudão a fora... Seu hobby é fazer com que mais gente viaje, todo dia, cada dia mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *