Manifesto ao Viajante!

Você é daqueles que viaja por que quer conhecer o mundo? Ou por que quer se conhecer?

Vai para os lugares por sua história, seus museus, pelo jeito que seu povo vive ou por tudo isso junto separado e misturado ao longo dos séculos? Ou será… que prefere mais as vistas paradisíacas que a natureza (ah, santa Pacha Mama!) ou o homem criaram para nos encantar?

Será que sonha em viajar para aprender uma língua, se especializar em algum tema da economia, saber mais sobre o ser humano e suas insanidades ou então aprender instrumentos esquisitos das tribos mais longínquas?

Ou então, é daqueles que viaja tanto a trabalho, que não quer nem ouvir falar em viagem? Ou o contrário, sonha um dia em viajar a trabalho (quiçá, para nunca mais voltar)?

Não importa o porque, ou o para que, tampouco o com quem ou para onde, aqui o importante é viajar descobrindo o mundo e a vida, a cada esquina, a cada vista, a cada conversa de bar. De todas as coisas que podem ser ditas sobre viajar, independente da forma ou objetivo, é que toda viagem é uma experiência insubstituível!

Viaje, e sinta-se em casa, afinal, o mundo é de todos!