Costa Rica, dia 3 – Rio Celeste (Parque Vulcão Tenório)

Depois de Poás e Arenal, a próxima parada foi próximo mais um vulcão mas desta vez a atração principal era outra, o Rio Celeste, que tem cor azulada por conta da alta quantidade de alguns minerais.

Pela manhã fui ao banco trocar dólares por colones. US$ 1 = 526 colones. Troquei apenas um tanto pois tem lugar que aceita dolar como pagamento a uma taxa melhor que essa, então fiquei com um pouco de cada para usar quando for melhor cada um.

A viagem de La Fortuna até o parque do levou cerca de 1:40. A estrada inteira foi tranquila (sempre faixa única, mas tudo muito bem conservado e sinalizado), a única exceção foram os últimos 5 quilómetros que é de estrada de pedra… O coitado do carro sofreu, mas subiu em cerca de 20 minutos.

Chegando no parque, estava tudo encoberto e a vista do vulcão inexistia. Em compesação, toda trilha do Rio Celeste não houve prejuízo. Na entrada eles falam entre 2:30 e 3h para  fazer tudo, fiz em 2:15 – andando firme, mas parando bastante nos mirantes.

A primeira parada é a cascata, azul, linda!!! Até aí a caminhada é bem tranquila, apesar de uma pequena escadaria escorregadia.

Cascata no Rio Celeste, Vulcão Tenório-Costa Rica
Cascata no Rio Celeste, Vulcão Tenório-Costa Rica

Depois, tem-se a visão da Lagoa Azul, uma curva do rio que forma uma lagoa na verdade. Muito bonito também… Na sequência, começou a chover e o caminho começou a ficar mais lamacento e escorregadio.

Lagoa no Rio Celeste, Vulcão Tenório-Costa Rica
Lagoa no Rio Celeste, Vulcão Tenório-Costa Rica

Tem mais uma parada, Borbollones, que é um canto do rio que fica borbulando por conta de gases vulcânicos. A informação é legal, mas o negócio é bem mínimo.

Por fim, a ponto alto para mim: Los Teñedores. É o momento no rio em que ele muda de cor, deixa de ser comum para se tornar Celeste ao encontrar um outro braço de rio que turbina a quantidade de mineiras e faz tudo mudar de cor! Incrível!

Rio Celeste, Vulcão Tenório-Costa Rica
Rio Celeste, Vulcão Tenório-Costa Rica

Ah, neste último trecho, ainda tem umas pontezinhas para dar um emoção! =o)

Ponte no Rio Celeste, Vulcão Tenório-Costa Rica2

Observações importantes sobre o Rio Celeste

– uma hora a chuva apertou, por sorte eu tinha uma capa de chuva. Foi útil, mais para proteger os pertences
– eu fui com um tênis comum, o ideal seria ter algo mais apropriado para trekking, principalmente pelo fato de estar molhado
– tem dois restaurantes na frente do parque
– não pode entrar na água! =(

Depois de sair do parque, foram 2:40 até chegar em Tamarindo. Primeiras percepções: tudo é caro, os passeios me fizeram até desistir. No próximo post conto melhor.

Observação importante parte 2: hoje minha primeira mudança de rota, a priori eu ficaria dois dias em La Forturna e chegaria em Tamarindo só amanhã. Consegui antecipar um dia e aqui estou. Liguei para o Hostel e pedi a alteração, felizmente tinham vaga!

Homero Carmona

Blogueiro desde 2008, ano em que fez seu primeiro intercâmbio e começou a viajar por aí! Atualmente coleciona mais de 40 países no seu passaporte e sonha conhecer todos os 200 e poucos por este mudão a fora... Seu hobby é fazer com que mais gente viaje, todo dia, cada dia mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *