Ensino Superior com Trabalho na Nova Zelândia

Cada vez mais estudantes de todo o mundo inclusive do Brasil estão buscando cursos internacionais. Por Exemplo países como Canadá, Inglaterra, Irlanda são muito procurados, porém, fazer o Ensino Superior na Nova Zelândia é uma opção excelente em termos de qualidade e custo-benefício.

Além da possibilidade de realizar os tradicionais intercâmbios de idiomas, da mesma forma há também a possibilidade de realizar cursos de graduação, especialização, mestrado e doutorado. Com a oportunidade de trabalhar durante o intercâmbio.

Se você tem vontade de saber como é a educação no país, Cursos de Graduação, Tecnólogo, Mestrado etc. e o que é necessário para estudar e trabalhar na Nova Zelândia, você está no lugar certo!

Em primeiro lugar, vamos falar de alguns detalhes:

  • O salario mínimo na Nova Zelândia é de aproximadamente  NZ$ 1.416,00.
  • A moeda usada no país é o dólar neozelandês que esta custando em média R$ 3,69 – Veja aqui o valor atualizado.
  • Os valores apresentados dos cursos são médias e podem variar de acordo escolha de escola.
  • Brasileiros que pretendem viajar para a Nova Zelândia por até 12 semanas precisam tirar o ETA, uma autorização eletrônica.
  • Estudar e trabalhar na Nova Zelândia é simples porém precisa estar matriculado em um curso de no mínimo por 14 semanas, sendo assim, necessário tirar o visto de estudante. 

Bom, vamos ao que interessa!

Como é o Ensino Superior na Nova Zelândia?

A reputação da Nova Zelândia é invejável, pois o país possui um reconhecimento mundial.

Como resultado o país conta com cerca de 8 universidades públicas, mais de 10 Institutos Tecnológicos e Politécnicos e tem inúmeros Centros de Treinamento Privados (onde estão enquadrados as escolas que ensinam línguas). Assim, o país tem uma estrutura educacional completo.

Como em todos os países a Nova Zelândia também tem um órgão que regulamenta o seu sistema educacional, pois isso garante a qualidade da educação. Chamamos o órgão de New Zealand Qualification Authority (que regulamenta as instituições de ensino) e a New Zealand Qualification Framework (que regulamenta os níveis de qualificação).

“Na Nova Zelândia se valoriza e se da ênfase para o que é importante para a vida”

Os três níveis principais do sistema educacional é:

  • Infantil que se inicia desde bebê, até a criança completar 5 anos de idade.
  • Primária e secundária dos 5 anos de idade até os 18 anos.
  • A terciária iniciada a partir dos 18 anos.

Esses três níveis foram divididos em sub-níveis, por exemplo: Os cursos com nível 1 são mais básico, e 10 o mais avançado.

Nível de grau e qualificações

Graudação no Exterior
mbio de Graduação no Exterior – ICSA no Pexels

Veja listado a baixo, o nível de grau de qualificação

  • 1 a 4: São qualificações de nível técnico, com duração média de 1 ano.
  • 5 e 6: Diplomas adquiridos de forma similar ao nosso curso técnico, com término de 2 a 3 anos de estudo.
  • 7: São diplomas que equivalentes à nossa graduação., ou seja, cursos com duração de 4 anos.
  • 8:  são equivalentes à Pós graduação
  • 9: são equivalentes a mestrado
  • 10: são equivalentes ao doutorado

Obs: Cursos de nivel 5,6,7,e 8 da direito à visto de trabalho de 1 ano aberto após conclusão do curso.

Pré-requisitos para estudar e trabalhar na Nova Zelândia

Diferente do Brasil, na Nova Zelândia não é necessário realizar um vestibular, no entanto é necessário que o intercambista se encaixe em algumas exigências da universidade. Mas fique tranquilo porque os pré-requisitos não são absurdos!

Para realizar um curso de nível superior na nova Zelândia é necessário ter mais de 18 anos.

Se o interesse é fazer uma graduação na Nova Zelândia é necessário ter cursado 1 ano de Bacharelado ou Licenciatura em Universidade ou Instituição que seja reconhecida pela Universidade que deseja se matricular. Outra maneira é cursar um ano de curso técnico na nova Zelândia. Desta maneira, também preencherá o pré-requisito.

Se a intensão e fazer um curso de pós graduação, da mesma forma que no Brasil é necessário que já tenha concluído o curso de graduação. Lembrando que a universidade que concluiu o curso de graduação deve ser reconhecida pelo sistema da Nova Zelândia.

Para realizar o mestrado, o mais importante, é a formação superior em Universidade reconhecida pela Nova Zelândia. Algumas áreas exigem que você tenha, experiência profissional na sua área de formação.

Como são cursos internacionais é importante lembrar que para qualquer nível de curso superior é consequentemente, importante que o intercâmbista tenha uma fluência no inglês. Ou seja, é necessário a apresentação de Certificados como IELTS ou TOEFL.

Quais os principais cursos na Nova Zelândia

Estudantes que procuram a Nova Zelândia devem ter em mente que o país busca uma formação superior de qualidade aliada à experiência de trabalho. Em outras palavras, Não é apenas estudar é viver a oportunidade de estudar em um pais como a Nova Zelândia.

Os cursos oferecidos são voltados para áreas cuja tem uma demanda maior por profissionais. Isso porque grande parte do PIB do país é gerado por setores relacionados a ciência, saúde e tecnologia. As universidades possui grande qualidade de pesquisa científica em biotecnologia, áreas agrícolas, medicina diagnóstica e áreas relacionadas.

Porém, se o foco são cursos como hotelaria, turismo ou até gastronomia as opções de qualificação possuem um nível excelente que são comparáveis por exemplo a Suíça.

Quanto custa Estudar na Nova Zelândia

“O futuro pertence aqueles que acreditam na beleza dos seus sonhos”

Eleanor Roosevelt

Sem dúvida essa é a maior curiosidade de quem deseja ir estudar e trabalhar na Nova Zelândia.

Valores para cursos em universidades da Nova Zelândia

As universidades são todas públicas e pagas, ou seja o governo pode cobrir até 50% dos gastos, mas os estudantes ainda precisam pagar o restante dos gastos. É possível pedir por um empréstimo para irem pagando quando encontrarem um emprego. Mas apenas neozelandeses ou residentes permanentes estão aptos a pedir um empréstimo.

Universidades que oferecem cursos acadêmico e de maior reputação de graduação, pós, etc. tem uma média de valores de NZ$25.000,00 a NZ$40.000,00 ao ano.

Instituições Politécnicas da NZ

Faculdades que oferecem ensino aplicado e pratico também voltado ao mercado de trabalho (como se fosse nosso ensino técnico), tem uma média de valores de NZ$15.000,00 a NZ$20.000,00 ao ano.

Cursos em Instituições Particulares da NZ

instituições particulares que oferecem educação prática para o mercado de trabalho (nessas instituições se enquadram os escolas que ministram cursos de inglês) A média de valores anual é de NZ$10.000,00 a NZ$15.000,00.

Ah… para quem está procurando cursos na Nova Zelândia, também é comum avaliar cursos de Ensino Superior na Austrália, confira!

Bolsas de estudos

Para saber se o curso que deseja possui uma bolsa de estudos para estudantes internacionais, basta entrar em contato com a universidade. Ou entrar no site de programa de bolsas de estudos. Assim, você pode se inscrever no programa e participar do processo de concessão de bolsas. Mas não é comum a distribuição de bolsas 100%, normalmente as bolsas concedidas são 50%.

Também há a possibilidade de se inscrever em uma bolsa cedida pelo governo que se chama  New Zealand Development Scholarship. Esta bolsa é integral, ou seja, é uma bolsa 100%. Ela acompanha uma mesada de NZ$ 400 semanais para cobrir as despesas que terá, mas também é permitido que o estudante trabalhe até 20 horas por semana. O processo é uma pouco demorado com um tempo de mais ou menos um ano para o estudante ser colocado na universidade de escolha.

O que tem funcionado muito é o empréstimo e o desconto estudantil. Para saber se existe esse tipo de coisa, você deve entrar em contato com a faculdade pelo site mesmo. No site terá a opção de descontos e os pré requisitos para saber se você pode se candidatar para conseguir o empréstimo ou desconto.

Trabalhar na Nova Zelândia durante o curso de Ensino Superior

Para estudar e trabalhar na Nova Zelândia, você deve fazer um intercâmbio de estudo e trabalho no país. Desta maneira, você conseguirá o visto de estudante que vai te dar a permissão de trabalho.

Trabalhar no Intercâmbio
Perfil de intercâmbista

Para trabalhar durante o intercâmbio é necessário ter em mãos o visto de estudo, pois ele permite que o intercâmbista trabalhe legalmente no país. Mas, há algumas condições para a obtenção dessa permissão de trabalho.

  • O intercambista deve realizar um curso com duração mínima de 14 semanas em uma escola classificada com o nível 1. Ou, o estudante precisa estar matriculado em um curso com, no mínimo, 24 semanas de duração e apresentar o exame de proficiência no IELTS, para escolas de categoria 2.
  • Nível 5 o intercambista precisa estar matriculado em um curso com duração de 1 ano.
  • Nível 6 e 7 o estudante precisa realizar um curso com duração mínima de 1 ano.
  • Ter seguro saúde para o período de estada
  • Ter dinheiro suficiente para se manter nos meses de estudos, sendo pelo menos NZ $1,250 por mês para o custo de vida na Nova Zelândia. O governo pede comprovação de renda.

Todas as opções dão direito de trabalho de 20 horas semanais, porém cursos de nível 6 e 7 dão visto de trabalho de 1 ano aberto em tempo itegral após conclusão do curso.

Residência na Nova Zelândia

Para os estudantes que desejam ficar por um longo período, os cursos de mais altos, por exemplo 6 e 7, permitem que ao terminá-los o intemcâmbista pode ficar mais 1 ano trabalhando, porque é permitido o recebimento de um visto de trabalho aberto. Se durante o período que o estudante estiver com esse visto de trabalho, conseguir uma oferta de emprego relacionada a sua formação, ele consegue aplicar para um visto de 2 anos vinculado ao empregador.

É importante saber que o intercâmbista não chegará na Nova Zelândia já empregado. Cabe ao estudante procurar uma vaga. Mas, não é difícil encontrar um emprego no país. normalmente demora cerca de 2 meses, mas é claro que depende da rotina de procura por vagas. Se você deseja chegar no país empregado a sites que pode te ajudar na procura como o NZ Ready e o Careers NZ.

Não perca tempo

Animado para conhecer a Nova Zelândia?

Agora que você já sabe tudo sobre estudar e trabalhar na Nova Zelândia, não perca tempo. Faça como muitos intercâmbista do mundo todo e se planeja para quem sabe a melhor experiência da sua vida!

Partiu Nova Zelândia? Preencha o formulário abaixo e fale com algumas das melhores agências de intercâmbio do Brasil.

Rebeca Correia Beca Correia

Rebeca Correia estudante de Biomedicina.