Tudo sobre Intercâmbio: Muito além de estudar de exterior

O intercâmbio vem ganhando cada vez mais espaço. Estudar no exterior, e até trabalhar, nunca foi tão acessível. Saiba agora, tudo sobre intercâmbio!

A primeira pergunta é, afinal, o que é intercâmbio? A resposta pragmática e burocrática a gente pode encontrar no dicionário como “reciprocidade de relações”, que é uma explicação justa… Ou então, considerando o “intercâmbio cultural” o Wikipedia definiria assim:

O que é intercâmbio?

Intercâmbio cultural é a realização de uma viagem ao exterior por um estudante – o futuro intercambista – com o objetivo de aprender os costumes, as tradições e o idioma de um outro país, ficando hospedado na casa de uma pessoa nativa desse país.

Para mim, o intercâmbio é muito mais do que isso! É a oportunidade de mudar de vida, de mudar completamente a forma com que você enxerga o mundo e as situações que você venha a encarar. É quebrar preconceitos, dar oportunidades, experimentar! O meu intercâmbio em Dublin a Irlanda fez tudo isso e muito mais, tanto que não consigo nem descrever por completo.

Quer saber quanto custa estudar no exterior? Veja agora valores no Simulador de Orçamento de Intercâmbio Online!

No vídeo, tento explicar um pouquinho melhor o que penso :).

Não esqueça de inscrever-se no meu canal no Youtube em https://www.youtube.com/channel/UCHhszAC7TpD6_r1TGNiqALQ

Por que fazer um intercâmbio?

Normalmente o intercâmbio surge como um possibilidade distante, um sonho. Porém, além daquela vontade imensa de estudar fora e conhecer este mundo incrível que vivemos, existem razões práticas para fazer o intercâmbio:

  • Experiência de vida – esta foi a minha motivação. Sair do país um tempo, conhecer novas culturas, culinárias, paisagens etc. Eu diria que esta é a motivação mais comum e presente em todos intercambistas.
  • Aprendizado formal – O intercâmbio mais comum é o de idiomas, seja para simplesmente fazer um curso, seja para ganhar proeficiência em uma língua e tirar uma certificação. Porém as opções vão muito além disso, como fazer um simples curso de técnico de especialização em alguma área, até fazer uma graduação, pós, mestrado ou doutorado.
  • Emigrar – Tem gente que já vai pensando em nunca mais voltar e realmente o intercâmbio é uma maneira. Conheço pessoas que durante o intercâmbio encontraram um trabalho na sua área de atuação no país, ou que se casaram com um estrangeiro, ou que por qualquer outro caminho, realmente conseguiu o que queria: mudar de país!
  • Ganhar dinheiro – Isso já foi mais comum um tempo atrás, mas muita gente ainda vai focado neste propósito. Está cada vez mais difícil, pois as regras de imigração e trabalho para estudantes vão se apertando e nos países mais abertos ao trabalho de estudante, a quantidade de brasileiros cresceu demais. Mas posso dizer que com foco, e um pouco de sorte, é possível recuperar o investimento trabalhando durante o intercâmbio.

Quais os tipos de intercâmbio?

Abaixo estão listados alguns dos principais tipos de intercâmbio. Certamente, e muito longe disso, não são todos, mas é uma primeira ideia você começar a pensar no que quer! 🙂

Banda tocando na rua Temple Bar, Dublin, Irlanda
Banda tocando na rua Temple Bar, Dublin, Irlanda

Como funciona um intercâmbio?

Como disse, as opções para estudar no exterior são inúmeras, então para poder explicar como todos eles funcionam levaria algum tempo. 🙂

Porém, fiz um vídeo que explica como funciona os intercâmbios de idiomas, principalmente os mais comuns, de inglês e espanhol.

Quais os principais destinos de intercâmbio?

Novamente, esta é uma pequena lista das infinitas possibilidades. Afinal, são mais de 200 países e quase todos eles tem oportunidade para você fazer algum tipo de intercâmbio.

Estes são apenas os destinos mais comuns para cada tipo de intercâmbio.

  • Idioma inglês: EUA, Canadá, Reino Unido, Irlanda, Malta, África do Sul, Austrália e Nova Zelândia
  • Idioma espanhol: Espanha, Argentina, Chile, Peru, México, Costa Rica e outro países latin-oamericanos
  • Graduação e outros cursos superiores: EUA, Canadá, Reino Unido, Portugal, Espanha
  • Trabalho voluntário: África e Ásia
  • High School: EUA, Canadá e Reino Unido
  • Programas de Férias para adolescentes – EUA e Canadá

Para facilitar para todo mundo, o Intercâmbio & Viagem fez um comparativo completo entre os principais destinos de inglês. Assim, fica mais simples escolher o país para o seu curso no exterior. 🙂

Trabalhar no exterior: quais os melhores destinos?

Trabalhar no intercâmbio é uma desejo de muitos, pois ajuda a pagar as contas durante a estadia. Existem algumas alternativas específicas para isso. Destino e duração, são os dois fatores principais que você deve analisar para encontrar uma opção em que possa trabalhar enquanto faz um curso no exterior.

Aqui vão alguns exemplos de destinos e principais condições para trabalhar durante o intercâmbio:

Como planejar um intercâmbio?

O intercâmbio para mim começa na escolha do objetivo: por que você quer fazer um intercâmbio? Para quê? Além da sua vontade (eventualmente inexplicável), o que mais te motiva? O que quer trazer na mala?

Estes dias escrevi um post sobre o assunto no Blog de Intercâmbio… O importante é manter o foco! 🙂

Depois de saber o que é intercâmbio e definir seu objetivo, basta seguir os 7 passos abaixo para planejar! Clique na imagem e veja o gráfico completo.

Intercambioeviagem.com.br - Capa - 7 passos para planejar um intercâmbio
O que é intercâmbio – passos para planejar um intercâmbio

Quanto custa um intercâmbio?

O quão barato será viagem de intercâmbio pode variar imensamente dependendo do tipo de curso, da escolha do destino e da qualidade da escola. É possível estudar 2 semanas para a Argentina por menos de R$ 5,000. Ou passar um 1 mês na Irlanda por aproximadamente R$ 11,000. Ou comprar um cursos no exterior de seis meses na Austrália, com direito a trabalhar, por menos de R$ 20,000.

Estes valores são apenas referências, para ver mais alternativas de destinos e os valores simule os custos totais de um curso no exterior abaixo.

Além dos valores do simulador, considere a tabela a seguir para saber quanto você vai precisar levar para se manter em cada destino.

Comprovação de Renda para Intercâmbio, referências 2018
Comprovação de Renda para Intercâmbio, referências 2018

Valores e preços com base em orçamentos e cotações pesquisadas em jan/2018. Conteúdo geral atualizado em ago/2018.

Simule também orçamentos de intercâmbio de espanhol.

Por fim, para responder “o que é intercâmbio”, só lhe resta uma opção: planejar a sua viagem e embarcar o quanto antes para esta experiência insubstituível!

Mais alguma pergunta sobre intercâmbio?

Intercâmbio, ou intercâmbio cultural é a oportunidade de estudar, trabalhar e/ou vivenciar um experiência em outra cultura, usualmente em outro país.

Inicialmente, intercâmbio significava que uma pessoa iria visitar a cultura da outra, enquanto a outra vinha conhecer a cultura da primeira.

Atualmente, os programas de intercâmbio são unilaterais e independem da troca.

Para mim, intercambio é isso é muito mais. Veja tudo aqui https://intercambioeviagem.com.br//o-que-e-intercambio-estudar-fora/

O valor de um intercâmbio varia em função do destino, tipo de intercâmbio/curso e duração. O valor mais baixo que você vai conseguir para um intercâmbio é de R$ 5000 a R$ 7000.

Aqui tem alguns exemplos de preço de intercâmbio:

Obs: os custos a apresentados incluem: curso, passagem, vistos, hospedagem e gastos no destino ou comprovação financeira. Simule destinos de inglês aqui ou de espanhol aqui.

Os lugares mais baratos para fazer intercâmbio depende do tipo de curso. Usualmente, as opções de destino mais baratas são:

  • Intercâmbio de inglês – Canadá e África do Sul
  • Intercâmbio de trabalho e estudo de inglês – Irlanda, curso de 6 meses
  • Intercâmbio de trabalho para jovens – Work & Travel ou Au Pair nos EUA ou Canadá
  • Intercâmbio de trabalho e curso vocacional – Canadá

O melhor destino para aprender inglês depende muito do desejo do intercambista e da sua adaptação à questões culturais, climáticas e de opções de lazer.

Fora isso, o sotaque é um tema bastante relevante para acelerar o aprendizado. Neste sentido, Estados Unidos, Canadá e Reino Unido são um pouco melhores, pois já estamos mais “habituados” a este sotaque.

Finalmente, lugares com menos brasileiros são melhores, pois você tenderá a falar mais inglês com outros estrangeiros e locais.

No seu primeiro dia de aula, ou antes do embarque, você fará um teste de nível de inglês. Isso definirá qual turma você vai entrar (básico 1, básico 2, intermediário, avançado).

As turmas começam mensalmente ou semanalmente. Quando você chegar no destino, você entrará em uma turma que já está em andamento. Ou seja, por exemplo, talvez você entre em uma turma que está no capítulo 5 do livro de inglês.

Aí você vai ficar com a turma até o fim do livro e depois até o capítulo 4, quando fará teste de nível novamente, para avançar para o próximo nível.

Não é mandatório, mas será muito útil, principalmente você não tem domínio do idioma de destino.

A velocidade que você aprende inglês depende principalmente do seu esforço, mas também da sua apitidão.

É possível ganhar um nível excelente de compreensão fazendo um intercâmbio de 1 mês, desde que você vivencie completamente o idioma.

Para ter fluência, alguém saindo do zero, 6 meses de intercâmbio é o mais indicado.

Load More

Pronto para fazer seu intercâmbio? Preencha o formulário abaixo e fale com diversas agências de uma só e compare opções.

Homero Carmona

Blogueiro desde 2008, ano em que fez seu primeiro intercâmbio e começou a viajar por aí! Atualmente coleciona mais de 40 países no seu passaporte e sonha conhecer todos os 200 e poucos por este mudão a fora... Seu hobby é fazer com que mais gente viaje, todo dia, cada dia mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *