Quanto custa e como funciona um intercâmbio de Graduação em Portugal?

Cada vez mais nós brasileiros estamos buscando cursos além dos tradicionais intercâmbios de idiomas, procurando cursos de graduação, especialização e até mestrado. O principal destino tem sido Portugal, pois além da facilidade da língua, tem outras facilidades por conta das relações diplomáticas dos países.

Por incrível que pareça, fazer um intercâmbio em Portugal pode ser até mais barato que fazer uma graduação no Brasil, segundo a consultora de intercâmbios especializada em Portugal, Jaqueline Abreu.

Outra coisa que facilita bastante, é que os acordos diplomáticos entre os países tem caminhos mais tranquilos para o visto e para admissão na Universidade, podem até usar o ENEM ou para quem não fez o ENEM, há algumas universidades que realizam prova online e, se passar, pode ter acesso ao ensino superior português.

Os cursos de Graduação em Portugal, costumam durar 3 anos (com exceção de alguns cursos na área da saúde, exemplo: Enfermagem). e o diploma é aceito também no Brasil. Além disso, durante sua estadia no país, você poderá trabalhar para se manter…. quer dizer, a graduação geralmente em período integral , para trabalhar dificulta bastante durante o período de aulas.

Pronto para seu intercâmbio em Portugal com as belezas e delícias gastronômicas da terrinha?

Café e Pastel de Belém, em Lisboa, Portugal
Café e Pastel de Belém, em Lisboa, Portugal

Vamos aos valores de referência de um intercâmbio de graduação em Portugal

  • Custo anual da Graduação em Portugal: de 3000 a 7000 Euros por ano, a depender da localização, instituição e do curso.
  • Matrícula no curso: de 125 a 800 euros

Comparando isso com o Brasil, em uma faculdade de bom nível, um facilmente custa  R$ 20 mil / ano. Ou seja, os preços de uma faculdade me Portugal são bastante atraentes.

Ao chegar de volta ao Brasil (se é que vai voltar :), é preciso validar o diploma. hoje o MEC facilita o processo, mas para obter maiores informações no site: https://carolinabori.mec.gov.br.

Custo de vida em Portugal

Obviamente, os seus gastos mensais vão bastante em função da cidade onde for fazer seu intercâmbio. Enquanto estudar nas grandes cidades como Lisboa, Porto ou Coimbra pode ser um pouco mais caro, escolher Évora, Beja ou até mesmo Braga, pode ser um intercâmbio mais barato!

  • Hospedagem em uma quitinete (que em Portugal chamam de T 0 ) ou então compartilhando a casa com outros intercambistas pode ficar e 200 a 600 euros. Como sempre isso vai depender da cidade, da localização e do padrão do imóvel
  • Água, Luz, telefone, internet etc. – ~100 euros/mês
  • Mercado ~150 euros/mês
  • Considere + 100 euros/mês para outros custos como transporte, lazer e alguma exceção

Total de 700 a 1,000 euros por mês é o custo de vida para um estudante morando em Portugal!

Ruas de Lisboa em Portugal
Ruas de Lisboa em Portugal

Outros Custos para a ida

  • Seguro Viagem – R$ 2,500 por ano de intercâmbio
    Passagem aérea – R$ 2,500 é um bom valor de referência. Pesquisando e planejando bem, pode conseguir mais barato.
  • Visto: 70 Euros

Finalmente, somando tudo, quanto custo um intercâmbio de graduação em Portugal?

Graduação Em Portugal - Saiba mais

Por fim, vale dizer que a há a possibilidade de financiamento do curso e até mesmo de bolsas de estudo. Vale a pensa pesquisar tentar baratear ainda mais o intercâmbio!  Além disso, há universidades, como a Politécnica de Leiria, que esta dando bolsa de Estudos ou ao chegar em Portugal , depois de 6 meses morando lá, poderá solicitar o direito de igualdade. Ao ter este direito, poderá pagar o valor que um português paga em Portugal. A média de 1500 euros por ano e ainda pode solicitar uma bolsa de estudos.

PS: Vale lembrar que são apenas referências de valor com base na época de publicado artigo ( atualizado em ago/2020), em parceria com a Jaque da agência ICJK. Para ter uma orçamento preciso com preços e saber exatamente quanto custa um intercâmbio para Portugal , entre em contato com as agências de intercâmbio parceiras do I&V. 

O que precisa para o Visto de estudante de Portugal?

  • Carta de aceitação da universidade: Carta de aceitação emitida pela instituição de ensino portuguesa ou comprovante de inscrição no curso pretendido. A aceitação por ser através de nota do ENEM ou de processo seletivo da própria universidade
  • Declaração assinada pelo aluno dizendo o curso que pretende fazer, nome da instituição de ensino em que o curso será feito, data de início e fim e local de alojamento em Portugal.
  • Comprovativo dos meios de subsistência: Os meios de subsistência em Portugal podem ser comprovados por comprovante da bolsa de estudos ou termo de responsabilidade escrito por um familiar ou declaração de imposto de renda do aluno, nos casos em que seja ele o responsável pela sua subsistência em Portugal.
  • Comprovantes de Alojamento com declaração da instituição de ensino de residência universitária; comprovante de arrendamento de habitação feito pelo próprio requerente; Carta-convite feita por um cidadão que resida legalmente em Portugal; ou, caso não possua um dos documentos, reserva em hotel, por um período mínimo de uma semana – tempo para procurar uma residência definitiva
  • Seguro médico internacional de viagem: Seguro médico internacional de viagem, válido pelo período que vai permanecer em Portugal.
  • Atestado de antecedentes criminais emitido pelo site da Polícia Federal do Brasil
  • Comprovante de pagamento do curso
  • Cópias de documentos pessoas, foto, passaporte etc.
  • Entrega dos formulários e documentos no consulado Português após agendamento.

PS: O visto de estudante de Portugal, precisa ser renovado anualmente durante seu curso na Universidade.

É possível trabalhar durante sua faculdade em Portugal?

A primeira resposta é “depende”. O visto de estudante não dá automaticamente o direito a trabalhar, mas sempre existem possibilidades e aqui vão as principais delas para ajudar você a pagar seu curso e sua estadia:

  • Você pode encontrar um emprego em Portugal e solicitar a autorização de trabalho junto Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). Para isso, você precisará contar a ajuda do seu empregador. Mas antes de conseguir um empregador a dica é se qualificar o máximo possível, seja com um curso na área, seja com cursos de idioma, por exemplo
  • Você pode buscar formas alternativas de ganhar dinheiro no seu intercâmbio, como escrever para um blog ou trabalhar para alguma plataforma de internet global que não dependa da sua localização física nem de visto de trabalho
  • Principalmente nas férias e nas temporadas de turismo, surgem muitas oportunidades de trabalho temporário. Porém, você também não tem autorização para este tipo de trabalho, então estaria trabalhando ilegalmente, o que é altamente não recomendado, claro

Perguntas frequentes sobre Intercâmbio em Portugal

Interessado em graduação em Portugal? Preencha o formulário abaixo e fale com agências especialistas em intercâmbio em Portugal!

Jaqueline Abreu Jaque

A Jaque é especialista em Intercâmbio para Ensino Superior na Europa pela ICJK Intercâmbios.