Kyoto – Templo Kinkakuji, ou Pavilhão de Ouro

Possivelmente o Templo mais famoso de Kyoto – Kinkakuji, também conhecido e originalmente batizado como Rokuonji – pelo que andei vendo, não parece ser exatamente o mais importante, apesar de ser realmente incrível e dar fotos lindas. Foi fundando em 1397, posto em chamas por um monge louco em 1950, e reinaugurado em 1955, além de declarado Patrimônio Cultural da Unesco em 1994 (fonte: Wikipedia, e folhetos do local)

Eu e o Pavilão de Ouro, Kinkakuji em Kyoto, Japão
Eu e o Pavilão de Ouro, Kinkakuji em Kyoto, Japão

Para chegar nele, basta pegar o ônibus 205 (204, 205, 208) na estação/ terminal Kyoto, que em cerca de de 40 minutos você estará lá. Fique tranquilo, no ônibus, anunciam as paradas em inglês também, além de você poder seguir os demais vários turistas que estarão com você hehe.

A entrada é 400 ienes para um passeio de aprox. 30 minutos – eu estava sozinho – talvez em grupo, ou em casal tome um pouco mais. Fique atento, pois você sô terá chance de tirar fotos dele no começo do passeio, não fiquei imaginando que depois terá oportunidade de tirar por vários outros ângulos, não se iluda! Hehehe

Aliás, vale dizer, que eles vão colocando as plaquinhas te indicando o caminho, passando por tudo, mas já te levando “automaticamente” para a saída hehehe… Se quiser tirar um foto melhor, vai ter que voltar no contra fluxo e se contentar com aquele angulo.

Depois do templo, você passará por outros templos menos importantes do complexo, vai poder jogar uma moeda para algum ente budista, fazer um pedido e até se purificar com a fumacinha dos incensos! =o)

Purificando a alma nos Incensos do Kinkakuji em Kyoto, Japão
Purificando a alma nos Incensos do Kinkakuji em Kyoto, Japão

Depois, aproveitei e fui ao Ryoanji. Ônibus passa na porta, não dá cinco minutos. Por fim, ainda pode ir ao Ninnaji que fica a cinco minutos a pé do Ryoanji. Ambos muito importantes e bonitos também!

Kinkakuji em Kyoto, Japão
Kinkakuji (o pavilhão de ouro) em Kyoto, Japão

Homero Carmona

Blogueiro desde 2008, ano em que fez seu primeiro intercâmbio e começou a viajar por aí! Atualmente coleciona mais de 40 países no seu passaporte e sonha conhecer todos os 200 e poucos por este mudão a fora... Seu hobby é fazer com que mais gente viaje, todo dia, cada dia mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *