Abrindo os custos – Quanto custa viajar para a Islândia?

Planejando viajar para a Islândia? Abri todos os detalhes de quanto gastei na minha viagem de 19 dias pela terra do gelo. 

Finalmente, depois de parar em Cuba nas últimas férias, fui para um lugar frio. Menos frio do que as pessoas pensam, mas bem frio: a Islândia. O principal objetivo da viagem era a Aurora Boreal, mas conforme a pesquisa avançou vi que era um lugar incrível por vários outros motivos. Porém, descobri também que viajar para a Islândia é caro. Bom, sem enrolação, vamos lá, afinal quanto custa viajar para a Islândia?

Esta viagem foi realizada de 25 de janeiro a 13 de fevereiro de 2018, fazendo escala em Frankfurt. Levei 2500 Euros e troquei quase tudo por Koroas Islandesas, com conversões de R$ 4,06 e  R$ 0,0338 (média), respectivamente. Ainda assim, precisei pagar diversas contas com cartão

Gasto Total da viagem para a Islândia: R$ 36,062 o casal (ou R$18,031/pessoa)

Este valor inclui todos os gastos durante a viagem, exceto compras (seja souvenirs ou outros items pessoais e presentes). Todos eles detalhados abaixo, sempre no custo por pessoa.

No total a viagem para a Islândia teve 20 dias: 2 viajando, 3 em Frankfurt e 15 dias na Islândia.

Passagem Aérea para a Islândia – R$ 7,559 o casal (ou R$3,779/pessoa)

O voo foi pela Luftansa e Icelandair. Na ida, saindo de Guarulhos, para abaixar os custos, acabei fazendo um stop-over em FRankfurt. Como não conhecia a cidade, fez sentido para mim.

Do ponto de vista da compra das passagens, ficou assim:

  • Luftansa indo para Frankfurt e voltando de Reykjavik (com escala em Frankfurt)
  • O trecho faltante, de Frankfurt para Reykjavik, fui pela Icelandair

Postei um vídeo no Facebook que explico melhor o que fiz, e porquê!

Transporte (Aluguel do carro, gasolina, estacionamentos, taxis no Brasil etc.) – R$ 7898, ou R$ 3949/pessoa

Mais uma vez preferi alugar um carro pra aproveitar melhor. Viajar para todos os cantos das Islândia é inviável sem um carro. Se for viajar apenas para os pontos mais famosos, com certeza vai encontrar tours e opções de transporte. Se quiser dar um giro no país, como fizemos, o carro é a única opção.

E é uma opção cara, tanto no aluguel, quanto no combustível que é o dobro do preço do Brasil.

Os gastos aproximados:

  • Aluguel do carro: R$ 5159 (para os 15 dias) – Era uma Duster 4×4. Além de custar, mais que o dobro que um carro pequeno (que seria o que eu normalmente alugaria, não fosse andar na neve e no gelo), tive problemas na reserva e acabei tendo que pegar uma mais caro. Dependendo do seu foco, não vai precisar de um carro grande e pode economizar bastante.
  • Estacionamentos: R$ 32
  • Diesel (~ 3300 km): R$ 1,662 – Diesel é ~205 ISK / Litro (R$ 6,8)
  • Taxis no Brasil para ir e voltar do Aero e em Frankfurt: R$ 390
  • Trem/metrô em Frankfurt – R$ 157
  • Outros – Atolei o carro e paguei um guincho / trator para me resgatar – R$ 339
  • Pedágio – R$ 33,9 ( dei a volta no país e só passei por um pedágio)
  • Permissão internacional de Direção – R$ 137,89

Alojamento/ Hotéis – R$ 9,550 ou R$ 4,775/pessoa

As hospedagens na Islândia são geralmente caras, mesmo se você ficar em lugares mais simples – que foi o que eu fiz. De qualquer forma,  você sempre será bem recebido e estará em um bom hotel.

Um dica importante aqui, é buscar hoteis e pousadas que tenham o preço do café da manhã incluso. Como o café custa ~R$50/pessoa, importante considerar isso nas comparações de preços das hospedagens.

Em Frankfurt, acabei dando azar de pegar um fim de semana que estava rolando uma feira grande na cidade e as estadias estavam caras também.

Média de R$ 530/noite. O mais caro que já tive, mesmo ficando em hotéis e pousadas simples ou médias.

 



Booking.com

Alimentação (almoço, janta, café da manhã, snacks, cafézinho da tarde ou da noite etc.) – R$ 7,189/casal ou R$ 3,594/pessoa

Como disse, quase todos hotéis peguei com café da manhã, apenas 1 deles não tinha. Neste caso e em algumas poucas refeições, comi snacks comprados em mercadinhos – pão, presunto, queijo, bolacha, achocolatado, suco etc.

Muitas vezes comi em restaurantes fast-food ou de posto de gasolina. Apesar de não parecer a opção mais saudável ou saborosa, posso dizer que sempre comi bem e achei a comida boa. Além disso, algumas vezes era a única opção.

Comer em restaurantes, por mais simples que seja na Islândia, é caro, de R$ 250 a R$ 400 por casal.

O meu planejamento era gastar R$ 200/pessoa por dia, e foi exatamente o que aconteceu. Mesmo com tanto fast-food e refeições-snacks

Turismo/ Diversão (tours, entradas, museus etc.) – R$ 3,130/casal ou R$  1,565/ pessoa

Os valores mais relevantes em Turismo foi a Blue Lagoon (R$ 847 o casal) e o tour Ice Cave (R$ 1322 o casal), além do banho termal em Myvatn (R$ 277 / casal).

Os demais valores são referentes a tickets de museus, subidas em torres etc etc etc.

Outros (Seguro Viagem, Roupas e lenços de nariz) – R$ 735

Seguro Viagem: R$418/pessoa

Chip 10GB da Simin para Celular: R$ 98

Compras de itens de saúde e facilidade em Islândia – R$ 218

Compras / Souvenirs (NÃO INCLUSO NA CONTA GERAL)

  • Camiseta da Islândia – R$ 90
  • Gorro de lã na Islândia – R$ 44
  • Imãs ou pins – R$ 45/ item
  • Grampões para andar no Gelo – R$ 270 (este item, se for no inverno, recomendo comprar antes de ir, vai pagar bem mais barato)
  • Camiseta da Seleção da Islândia – R$ 340

TAX Refund – Economia de 10 a 15% nas compras.

Para compras acima de 6000 ISK, você tem direito ao Tax Refund. Sempre peça ao lojista o formulário de Tax Refund. Você precisará dele para pegar seus impostos de volta no dia de sair da Islândia.

O imposto varia de 11 a 24% na Islândia. O seu reembolso é em cima deste valor, mas é definido a através de uma tabela.

No VLOG da viagem, contei com mais detalhes como foi o processo de Tax Refund no aeroporto de Keflavik.

Conclusão e considerações finais sobre quanto custa viajar para a Islândia

Dentro dos meus planos de viagem, errei em ~R$ 4000 o valor esperado. Isso se deu principalmente por conta do valor do aluguel do carro, que acabou mais e R$ 1500 acima do esperado. Os gastos com hotel acabaram aumentando um pouco pois tive que cancelar um hotel de última hora e marcar outro.

Algumas dicas para fechar e ajudá-los no planejamento:

  • Veja exatamente qual o tipo de carro você vai precisar, pelos tours que vai fazer e pela época do ano. Reserve carro com locadoras locais (Mycar.is, SADcars.com) em vez de utilizar a grandes e tradicionais
  • SE precisar comprar roupas de frio, grampões, tênis de trekking etc, compre no Brasil ou em um Stop-over
  • Veja se a passagem aérea não fica mais barata fazendo stop-over ou quebrando em mais paradas
  • Tenha alguma reserva financeira, qualquer erro lá, já vira R$ 500, R$ 1000…
  • Veja tudo que aprendi sobre Islândia na playlist da viagem no YouTube do Intercâmbio & Viagem

Veja também meu vídeo detalhando cada um dos gastos e as dicas para economizar na Islândia!

Todos custos foram controlados utilizando o aplicativo “Travel Money” no celular. UPDATED – revisado e atualizado em 3/set.

Quer uma ajuda para organizar seu roteiro de viagem? Preencha o formulário abaixo e fale com agências de viagem parceiras do Intercâmbio & Viagem!

Homero Carmona

Blogueiro desde 2008, ano em que fez seu primeiro intercâmbio e começou a viajar por aí! Atualmente coleciona mais de 40 países no seu passaporte e sonha conhecer todos os 200 e poucos por este mudão a fora... Seu hobby é fazer com que mais gente viaje, todo dia, cada dia mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *