Roteiro de Viagem – 2 Dias em Torres del Paine

Como parte da minha viagem à Patagônia Argentina, dei uma esticada até o lado chileno da história e como apreciador das montanhas, não me arrependi.

A viagem de El Calafate até Torres del Paine leva cerca de 5 horas, passando por ótimas rodovias e por boas estradas de terra batida, sendo trecho de terra mais longo e cansativo dentro do parque de Torres.

Veja mais: todos os custos da viagem à Patagônia.

No primeiro dia, fiz o passeio do Monte Ferrier. Uma trilha relativamente difícil que nos tomou 5 horas indo bem tranquilos (diria que alguém bem preparado faz tudo em 3 – 3,5h). Vá até o topo (700 m de altitude), vale a pena!!! Meu hotel era no Lago Grey (linda vista, tudo funciona, ótimo), vi o por do sol e o nascer da lua ali mesmo – incrível a lua cheia!

Agradecendo a natureza no Monte Ferrier em Torres del Paina, Patagonia Chilena
Agradecendo a natureza no Monte Ferrier em Torres del Paina, Patagonia Chilena

No outro dia, vi o sol nascer (9h da manhã) e fiz o caminho para sair do parque em direção ao Cerro Castillo. Aí fui parando em quase todos principais pontos: Laguna Sarmiento, Salto Chico, Salto Grande, Laguna Nordjeski, Laguna Prehoe… O único que não fui e estava no caminho, foi o Mirador Los Cuernos, que tinha uma trilha de 1,5h (junto a trilha do Salto Grande).

Fiz quase toda viagem a noite na ida, não faça isso. A estrada é linda e dentro do parque tem vários miradores que já fazem parte do passeio (todas as lagunas que vi no segundo dia). A viagem fica relaxante e você ainda otimizará o seu tempo. Dá para entrar por um lado (Cerro Castillo) e sair pelo outro (estrada do Milodon) aproveitar ainda mais, fiquei duas noites, se tivesse feito isso, poderia ter ficado só uma ainda ter aproveitado mais – isso pensando em custos, mas a noite lá é espetacular! Ou o contrário, daria para ficar duas noites e aproveitar 3 dias, trilhas e opções (como o Catamaran no Lago Grey) não faltam.

Na volta, sai de Torres as 11h, cheguei em El Calafate as 22h. Claro, considere que das 11 as 17h eu estava fazendo turismo em Torres.

Lago Pehoe uma das vistas mais fantasticas que ja vi, Patagonia, Chile 1
Lago Pehoe uma das vistas mais fantasticas que ja vi, Patagonia, Chile 1

Considerações Gerais

  • Entrada no parque é grátis e a qualquer hora do dia.
  • 2 noites me pareceu suficiente.
  • Hospede-se dentro do parque.
  • Para mim, se fizesse só o Day-tour, não ia ficar feliz. Por mais que pare nos miradores e tudo, nada como fazer as trilhas, ver o sol nascer, a noite cair… enfim, entrar nas entranhas do parque e relaxar.
  • Se estiver de carro (recomendo), encha o tanque em Puerto Natales, é o lugar mais próximo em que poderá achar um posto – fica a 160km do centro do Parque de Torres del Paine
  • Como você estará isolado de tudo, as coisas são bem caras. Desde a estadia que me custou R$533/noite/casala até refeições que custaram quase R$ 150/ pessoa (25 mil pesos, com entrada, bebida, prato principal, café e sobremesa).
  • Os passeios comuns não precisam de guia
  • Para o Monte Ferrier talvez te digam que a vista dos 380 metros de altura já é legal, mas as dos 700 m é muito melhor e recompensadora.
  • Leve roupas corta vento e apropriadas para trekking, preferencialmente impermeáveis – inclusive luvas.
  • Use filtro solar independente da temperatura
  • Tenha consigo sempre comidinhas e água
Caminhada no pico do Monte Ferrier, Torres del Paine, Chile
Caminhada no pico do Monte Ferrier, Torres del Paine, Chile

 

Homero Carmona

Blogueiro desde 2008, ano em que fez seu primeiro intercâmbio e começou a viajar por aí! Atualmente coleciona mais de 40 países no seu passaporte e sonha conhecer todos os 200 e poucos por este mudão a fora... Seu hobby é fazer com que mais gente viaje, todo dia, cada dia mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *