Minha viagem em 10 fotos – Polônia, Leste Europeu

O primeiro passo para o Leste Europeu, saindo da Alemanha, está a Polônia. Tive apenas 6 dias na minha passagem em que percorri quatro cidades. Como já é hábito, mudei os planos conforme as informações chegavam e eu descobria novas maravilhas. A surpresa maior ficou em Zakopane, os “alpes” poloneses, o recanto de férias de inverno dos polacos! Veja aqui o meu roteiro da viagem na Polônia.

As 10 Fotos da Polônia

O Lago Morskie Oko é o que fui buscar em Zakopane. Uma vista estonteante, e um caminho muito cansativo morro acima… 13 km, que valeram muito a pena – e olha que não cheguei ao topo por conta da neve.

Morskie Oko (abaixo), Zakopane, Polônia
Morskie Oko (abaixo), Zakopane, Polônia
A trilha da montanha do lago Morskie Oko, Zakopane, Polônia
A trilha da montanha do lago Morskie Oko, Zakopane, Polônia

Para ajudar, o centrinho de Zakopane é um charme só e tem ótimos restaurantes e comida típica.

Noite na simpática e fria Zakopane, Polônia
Noite na simpática e fria Zakopane, Polônia

Cracóvia é muitas vezes confundida com um país, mas nada mais é que a cidade mais importante da Polônia. Como atrações principais, a praça central, que foi construída em cima de outra praça, e agora é museu e o Castelo de Wawel…

Mercado no Centro Histórico da Cracóvia, Polônia
Mercado no Centro Histórico da Cracóvia, Polônia
Castelo de Wawel na Cracóvia, junto ao dragão símbolo da Polônia
Castelo de Wawel na Cracóvia, junto ao dragão símbolo da Polônia
No Castelo de Wawel, casal assiste por do sol na Cracóvia, Polônia
No Castelo de Wawel, casal assiste por do sol na Cracóvia, Polônia

… Sem esquecer a Fábrica de Schindler, que conta a história e o dia-a-dia da cidade durante a II Guerra mundial

Fábrica de Schindler, na Cracóvia, conta como era a vida na Polônia na II Guerra Mundial
Fábrica de Schindler, na Cracóvia, conta como era a vida na Polônia na II Guerra Mundial

Auschiwitz, a alguns quilômetros, é marco negativo da II Guerra Mundial, como se houvesse algum ponto positivo. Parada obrigatória, uma passeio triste, cheio de reflexões, mas imperdível!!

Barracões do Campo de Concentração Nazista em Auschiwitz, Polônia
Barracões do Campo de Concentração Nazista em Auschiwitz, Polônia

De volta a Cracóvia, uma cidade universitária, a noite pega fogo nas inúmeras baladas ao redor do centro da cidade. E pasmem, os poloneses que parecem tão quietos, curtem a noitada como poucos!

Poloneses curtindo a balada na Cracóvia, Polônia
Poloneses curtindo a balada na Cracóvia, Polônia

Já Varsóvia, a capital, parece que parou em outro tempo, talvez na União Soviética. Soldados marcham pela cidade, sejam em grupos assim, ou então simplesmente caminhando ao lado de generais fardados… é até engraçado…

Solados marchando nas ruas de Varsóvia, Polônia
Solados marchando nas ruas de Varsóvia, Polônia

FOTO EXTRA! Mais uma vez fica para a comidinha típica do local, o tal do Pierogi. Um massinha de farinha que mais parece um nhoque recheado, é uma delícia e tem vários sabores – carne, queijo, chucrute e até doce, como por exemplo, de amora.

Pierogi, prato típico Polonês
Pierogi, prato típico Polonês

Homero Carmona

Blogueiro desde 2008, ano em que fez seu primeiro intercâmbio e começou a viajar por aí! Atualmente coleciona mais de 40 países no seu passaporte e sonha conhecer todos os 200 e poucos por este mudão a fora... Seu hobby é fazer com que mais gente viaje, todo dia, cada dia mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *