Visto de estudante para Nova Zelândia – Como funciona?

Visto de estudante para Nova Zelândia pode ser um visto de turista ou um visto que dá acesso à trabalho. Veja todos os tipos e como se aplicar.

Se você vai fazer um intercâmbio, precisa tirar o visto de estudante para Nova Zelândia e tem dúvidas, confira aqui as principais informações! Existem algumas opções de visto e o fator determinante para qual tipo deve aplicar é a duração do curso que pretende fazer. Isso influenciará se você irá como turista, como estudante, se poderá trabalhar e se precisará de exames médicos. Confira aqui e veja um pouco da minha experiência (quase traumática mas com final feliz) com os vistos.

Visto de Turista até 3 meses (também serve para intercâmbios curtos)

Desde de 01/10/2019 brasileiros precisam de uma autorização eletrônica para visitar a Nova Zelândia. Essa autorização se chama NZeTA. Com essa autorização é possível fazer turismo ou estudos até 03 meses. Também é possível solicitar essa autorização apenas para transito.

Requisitos:

  • Documento: Passaporte válido, com validade de 3 meses após a data de retorno
  • Formulários Preenchidos;
  • Taxa consular: Turismo: NZD 47,00 | Transito: NZD 12,00

Antigamente não era necessário nenhum tipo de visto ou autorização. Agora é necessário o NZeTA.

Visto de estudante

Aqui vamos falar do que é necessário para tirar um visto de estudante para Nova Zelândia. Já tirei este visto duas vezes: uma em 2014 para estudar mais 6 meses de inglês e em 2017 para retornar aqui novamente, mas desta vez para um especialização e foi bem tranquilo.

Estudantes até 6 meses com acesso a trabalho

Visto de estudante para Nova Zelândia - Arq Pessoal Val Kawaguchi
Visto de estudante para Nova Zelândia – Arq Pessoal Val Kawaguchi

Quem opta por estudar mais do que 14 semanas e se matricula em uma escola com categoria 1, classificação controlada pela NZQA – New Zealand Qualifications Authority, tem o direito de trabalhar até 20 horas por semana. A aplicação do visto é online. Para emissão do visto não é mais necessário enviar o passaporte ao consulado e o visto que antes era uma etiqueta que colávamos no passaporte, agora é uma carta que você recebe que você carrega junto com seu passaporte (eVisa).

Alguns dos Requisitos:

  • Documento: Passaporte válido, com validade de 3 meses após a data de saída prevista
  • Foto: recente 3×4
  • Escola: Carta de oferta da escola ou universidade e recibo de pagamento integral do curso
  • Formulárioonline para visto de estudante
  • Recursos financeiros: 
    • Preenchimento do formulário de Financial Undertaking assinado pela pessoa que estiver financiando o curso
    • 6 extratos bancários de seis meses anteriores à aplicação do visto que comprovem NZD 1,250 para cada mês de permanência na NZ seja do próprio solicitante ou do seu patrocinador
    • Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física
    • Hospedagem: endereços, recibos de pagamento
  • Seguro de saúde/viagem
  • Passagem: preferencialmente apresentar a passagem de ida e volta

Visto de Estudantes + 6 meses

Basicamente o que muda da aplicação de até 6 meses são os exames médicos necessários. O médico deve ser credenciado pela imigração da Nova Zelândia. O processo é online e você precisará preencher um formulário de consentimento e declaração no momento da consulta. Para encontrar um médico cadastrado clique aqui.

Apenas como referência, a minha consulta em set/17 custou R$400,00. Os exames precisam ser realizados em lugares credenciados como Fleury, A+ e Lavoisier para que os laudos saiam em inglês. Se o seu convênio cobrir, você provavelmente não terá gastos adicionais além da consulta.

  • Entre 6 meses a 1 ano – Raio X do pulmão atestando que você não tem tuberculose. Custo de aproximadamente: R$365, 00
  • Mais de 1 ano – Neste caso, será um atestado médico completo com o raio x do pulmão, exame de sangue e urina.

Prazos, preço e processos do visto de estudante

No site da imigração da Nova Zelândia é possível consultar o prazo médio de processamento. Por experiência posso dizer que o prazo é em função dos documentos solicitados. A primeira vez que apliquei, não fiz o exame de raio X pois estava aplicando para até 6 meses, porém como eu já havia ficado 3 meses como turista eles acabaram solicitando. Isso fez com que o processo fosse mais longo. Já na última vez, para o curso de especialização, o processo foi online e inacreditavelmente chegou o retorno em 3 dias! 🙂

Prazos dos Vistos e Autorizações para entrada na Nova Zelândia:

  • NZeTA trânsito – 01 dia útil
  • NZeTA turismo – 01 dia útil
  • Estudos até 06 meses – no momento não está sendo processado, mas o prazo médio é de 41 dias
  • Estudos acima de 06 meses – no momento não está sendo processado, mas o prazo médio é de 35 dias

A referência são dias corridos e contados a partir da data de aplicação.

Valor do visto de estudante para Nova Zelândia

O preço do visto de estudante neozelandês é de 300 dólares neozelandeses. Mas vale lembrar que se precisar de ajuda de uma agência pode haver taxas adicionais para apoiar a aplicação do visto.

Prazo do visto de estudante e renovação

O visto de estudante tem validade para o período do curso e pode ter duração máxima de 4 anos. Quando fui fazer o meu pela primeira vez, deixei claro que gostaria de mais um mês para poder viajar pelo país após o curso. Ao longo da sua permanência, caso você decida estender ou realizar outro curso, pode aplicar o visto daqui mesmo.

Outros tipos de visto

Foto Panoramica de Queenstown, Nova Zelândia - Arq Pessoal Val Akemi
Foto Panoramica de Queenstown, Nova Zelândia – Arq Pessoal Val Akemi

Work holiday visa/ Trabalho nas férias: um dos vistos mais cobiçados. Isso acontece por conta da flexibilidade que o visto permite. Com este visto pode pode optar por trabalhar, estudar ou viajar simplesmente. Você pode estudar até 6 meses e trabalhar até 3 meses em cada empregador. A carga horária de estudo também tem a flexibilidade de ser part-time. São 300 vagas concedidas anualmente e geralmente acabam em minutos. Importante já ter familiaridade com os dados que serão solicitados e deixar tudo agilizado para a hora da aplicação. Um dos requisitos é que o aplicante tenha de 18 a 30 anos.

Work permit/ Visto de trabalho: neste caso você precisará de um sponsor, que te ofereça um contrato de trabalho e ainda justifique à imigração o porque da sua contratação. Isso acontece geralmente para áreas onde a mão de obra é escassa.

Residência: neste caso é importante que você atinja uma pontuação para conseguir. Aqui são muitos itens considerados. Vale consultar a página da imigração.

Outros: existe uma série tipos de vistos, variações que podem mudar conforme a região do país. Vale consultar a página da imigração e para caso mais específicos vale consultar um advisor que são pessoas credenciadas pela imigração e possuem conhecimento para dar uma melhor assessoria. Geralmente são pagos por hora.

Vale a pena solicitar seu Visto para Nova Zelândia com uma Assessoria?

Processos de aplicações para vistos consulares podem ser burocráticos, detalhados, com regras que mudam dependendo de vários fatores (idade, objetivo da viagem, tempo de permanência etc.) além de sofrerem alterações constantes, sobretudo em tempos excepcionais tais como situações de crises globais envolvendo questões de saúde.

Contar com especialista atualizado, experiente e que lida com esses assuntos diariamente pode evitar situações nas quais pessoas sem experiência no assunto cometem equívocos pela falta de conhecimento a respeito de determinadas exigências, impostas aos aplicantes pelas autoridades estrangeiras responsáveis por analisar as aplicações de vistos. Um especialista vai saber lidar com todas as possíveis dúvidas e dificuldades das mais variadas naturezas que costumam surgir, além da competência para saber escolher as melhores estratégias de aplicação para cada caso.

Obter aprovação na aplicação de visto é parte fundamental de um projeto muito maior e que envolve custos (e sonhos!) muito maiores de modo que deve ser considerado um investimento de baixo custo quando se pensa no volume total de dinheiro investido em viagens ao exterior. Se sua viagem exige visto, sem ele todo o projeto fica comprometido.

Enfim, contratar assessoria na aplicação de vistos consulares aumenta as chances de aprovação e diminui os riscos de negativa 🙂

Por que contratar Mundo dos Vistos?

Existem no mercado várias ofertas de prestadores de serviços oferecendo serviços de assessoria de vistos desde profissionais informais até empresas solidamente estabelecidas.

Considerando a importância e os custos envolvidos numa viagem a um destino que exige visto de entrada, é fácil concluir que a contratação deve ser cuidadosamente avaliada na hora de escolher a empresa que prestará o serviço.

Mundo dos Vistos é a maior empresa do segmento no Brasil, conta com dezessete anos de experiência, primeira e única até o momento com certificação internacional ISO 9001 (conquistada em 2016 e renovada anualmente por meio de auditoria externa) que garante a qualidade dos processos da empresa, fornecedora oficial de marcas de renome no mercado de intercâmbio e turismo e com cerca de 40 funcionários em seus quadros altamente capacitados. A empresa é habilitada a prestar assessoria para praticamente qualquer destino que exige visto e que tenha representação diplomática no Brasil.

Mundo dos Vistos é fortemente orientada a enxergar os sonhos dos clientes muito além dos documentos exigidos para aplicação, por isso cuida para que o atendimento seja com foco na aprovação sem, no entanto, descuidar dos detalhes particulares de cada cliente.

Faça contato abaixo com a Mundo dos Vistos para entender com mais detalhes tudo que podem oferecer para que suas aplicação de visto seja a melhor experiência possível no assunto.

Visto aprovado…. boa viagem! 😉

No meu primeiro visto de estudante para Nova Zelândia não tinha pesquisado nada, mas com o apoio de uma agência, eles foram me guiando com um check list, o que me ajudou muito. Então espero este artigo possa ajudar vocês!

Faça seu intercâmbio agora em Nova Zelândia

Depois do visto aprovado é só aguardar a viagem!  Se preparar para o curso, planejar os gastos, pensar em viagens e lugares que deseja conhecer. Motivos para conhecer esse país é o que não falta! Boa viagem e enjoy! 🙂

Dúvidas frequentes sobre a Nova Zelândia

  • Possibilidade Estudar e trabalhar
  • Segurança e Qualidade de vida
  • Qualidade do ensino
  • Esportes radicais
  • Cultura e um país cosmopolita
  • Natureza exuberante e Infraestrutura Trilhas para aproveitá-la!
  • Neozelandeses (Kiwis), no geral, um povo simples, sem preconceitos e muito simpático
  • Vinícolas
  • Observação de estrelas, o país tem diversos pontos de observação
  • Aurora Australis, a versão da Aurora Boreal no hemisfério sul

Aqui algumas referências de valores:

Para cursos de mais de 14 semanas em escola com categoria 1 (incluí cursos de idioma), classificação controlada pela NZQA – New Zealand Qualifications Authority, tem o direito de trabalhar até 20 horas por semana.

Para cursos acima de 6 meses, o procedimento é igual, incluindo apenas exames médicos.

Outros tipos de visto:

  • Work holiday visa/ Trabalho nas férias, são 300 vagas concedidas anualmente
  • Work permit/ Visto de trabalho, para quem consegue uma empresa que patrocine seu visto no país.
  • Residência, caso você tenha atingido os requerimentos da imigração

O Brasil está na lista de países da Nova Zelândia que não precisam aplicar visto para turismo. Pa

Para quem vai estudar menos de 3 meses esta é uma opção, mas não dá direito a trabalhar. Este visto é renovável por no máximo 2 vezes de 3 meses. Se o limite for atingido, você não poderá entrar no país pelos próximos 12 meses.

Para todos os outros casos, é necessário visto.

Para cursos de mais de 14 semanas em escola com categoria 1 (incluí cursos de idioma), classificação da NZQA, tem o direito de trabalhar até 20 horas por semana.

O salário mínimo na Nova Zelândia é de NZ$ 17,70 / hora

O salário mínimo na Nova Zelândia é de NZ$ 17,70 / hora e o intercambista pode trabalhar 20 horas por semana.

Cumprindo 80 horas mensais, o salário mínimo mensal seria de NZ$ 1416 / mês.

  • Auckland
  • Queenstown
  • Wellington
  • Tauranga
  • ChristChurch
  • Dunedin

Conseguir uma vaga de emprego fica por conta do intercambista. Algumas agências apoiam na busca, com ajuda na criação de CV e divulgação de vagas.

No geral, não é difícil conseguir uma vaga de emprego.

A Nova Zelândia fica no continente da Oceania, próximo à Austrália.

É o Dólar Neozelandês.

Pronto para seu intercâmbio na Nova Zelândia? Preencha o formulário abaixo e fale com diversas agências de uma só vez, receba várias cotações e prepare-se para embarcar!

Valquiria Kawaguchi

Publicitária, pós graduada em Marketing decidiu conhecer a Nova Zelândia e estudar inglês em 2014 após trabalhar 9 anos em uma empresa de telecomunicações. Morou em Queenstown e agora em seu retorno ao país está em Christchurch fazendo uma especialização.

2 thoughts on “Visto de estudante para Nova Zelândia – Como funciona?

  • Janeiro 14, 2020 at 3:02 pm
    Permalink

    Val, vc acha possivel tirar sozinha o visto ou é melhor uma despachante?

    muito obrigado

    Reply
    • Janeiro 15, 2020 at 11:01 am
      Permalink

      Oi Jaqueline,

      É possível sim, principalmente se você estiver em uma cidade com embaixada / consulado, facilita um pouco. De qualquer forma, acho que eu pagaria pelo serviço do despachante / agência, principalmente se fosse um intercâmbio de longa duração. É um investimento muito alto, as vezes vale a pena gastar uns R$ a mais para ter tranquilidade nesta parte tão séria que é o visto né? Mas é só uma opinão, cada um sabe onde aperta no bolso e quao confortável está para tocar sozinho 🙂

      abs,
      Homero

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *