Vistos de Estudante para a Austrália: Como funciona?

Visto de estudante para Austrália pode ser um visto de turista ou um visto específico para esse fim e que dá acesso a trabalho. Veja os tipos mais comuns e o necessário para a sua aplicação.

Para fazer intercâmbio na Austrália é necessário um visto que permita sua entrada e estadia no país. Antes de mais nada, você precisa saber quais são as opções disponíveis e a melhor para o seu caso. A duração do curso que você pretende fazer é determinante para essa escolha.

Além disso, o país também oferece opções de vistos pós-estudos, que permitem trabalhar apenas e estender sua estadia por aqui. Então confira as minhas informações, dicas e experiência com os tipos de vistos na Austrália.

Visto de Turista até 3 meses (também serve para intercâmbios curtos)

Lago Hillier, Austrália - Fonte Atrasobscura.com
Lago Hillier, Austrália – Fonte Atrasobscura.com

O visitor visa subclass 600, ou visto de turista, para a Austrália permite estadia de três meses no país, você tem direito a 12 semanas de estudos, mas sem permissão de trabalho.

Esse visto é ideal para um intercâmbio de curta duração, pois é menos burocrático do que o visto de estudante. Outra vantagem é que ele normalmente é aprovado mais rápido do que o visto de estudante.

Esse tipo de visto é comumente concedido com 12 meses de duração e com permissão de estadia por três meses. Assim, a cada três meses a partir de cada data de entrada na Austrália, você deve sair do país para renovar sua estadia.

Fique sempre atendo a duas coisas: a data final da sua estadia (você não tem direito à reentrada depois da data que o visto expira) e à condição de múltiplas entradas. Se essa última não for concedida, você só terá direito aos três meses iniciais, sem renovação.

Requisitos:

  • Documentos: No site da Embaixada da Austrália, você tem uma lista com documentos recomendados. Passaporte com no mínimo seis meses de validade, comprovação de renda dos últimos três meses – para passaportes brasileiros  e vínculos empregatícios com o Brasil são os mais importantes.
  • Recursos financeiros: comprovar AU$1.753,42 por mês. A comprovação deve ser feita através extratos bancários de conta corrente, poupança ou fundos de investimento que sejam CDB, DI ou Renda Fixa.
  • Passagem: o governo australiano não recomenda a compra de passagens antes da emissão do visto. O que você pode providenciar é uma reserva de passagem.
  • Escola: Carta de oferta da escola e recibo de pagamento integral do curso
  • Seguro de saúde/viagem não obrigatório, mas recomendável.

A aplicação do visto é feita online. Recomendamos que procure uma agência confiável e especialista em aplicação de visto. O visto custa AUD$146,92 e pode ser pago dentro do site com cartão de crédito, Paypal ou Bpay (se o serviço estiver disponível no Brasil). Atualmente a embaixada está sem prazo de processamento para vistos dessa categoria.

Durante meu trabalho em agência de intercâmbio, eu recebi alguns estudantes nesse visto. Eles representam a minoria dos intercambistas que vem para a Austrália. Normalmente são pessoas com tempo limitado de licença no trabalho.

Muita gente usa o visto de turista para entrar a primeira vez no país e aplicar para o visto de estudante dentro do país. Cuidado, pois o Departamento de Home Affairs está de olho nessas aplicações e o número de vistos negados para pessoas nessa situação aumentou significativamente. Eles estão de olhos para ver se você é um estudante genuíno!

Visto de estudante

Sydney opera house, Austrália - Foto Patty Jansen por Pixabay
Sydney opera house, Austrália – Foto Patty Jansen por Pixabay

Vamos falar sobre o que é necessário para obter um visto de estudante para Austrália. Esse foi o visto que tirei para vir para cá pela primera vez em 2007. Vim originalmente passar um ano estudante um curso técnico em comunicação de massa. Renovei meu visto por aqui mais duas vezes e muita coisa mudou nesses anos.

Estudar até 20 semanas com pemissão de trabalho

Quem opta por estudar mais do que 12 semanas, deve aplicar para o visto de estudante. E vejam que beleza, ele te permite trabalhar 40 horas quinzenais. Esse é um dos motivos pelo qual a Austrália é tão procurada para intercâmbio. Mesmo que você tenha que comprovar que tem acesso para o custo de vida na Austrália, você pode trabalhar e usar essa grana para viajar ou para despesas extras. Além disso, a experiência de trabalho ajuda a enriquecer o seu intercâmbio. Recomendamos que o tempo de curso para aplicação desse visto seja sempre acima de 16 semanas.

A aplicação do visto também é online. Para emissão do visto não é mais necessário enviar o passaporte à Embaixada e o visto, que antes era uma etiqueta que colavam no passaporte, agora é uma carta que você recebe por email (eVisa). Não é necessário carregar o seu visto com o passaporte, mas muitas agências dão essa orientação. Se se sentir mais seguro, siga a recomendação.

Requisitos:

  • Documento: Passaporte válido, com validade de 3 meses após a data de saída prevista
  • Escola: COE – Confirmation of Enrolment. Essa é a confirmação da sua matrícula. Esse documento é emitido por um site do governo depois do pagamento do curso.
  • Seguro Saúde OSHC (específico para a Austrália)
  • Formulário: Immiaccount – escolher o visto 500 – student visa
  • GTE: essa sigla significa Genuine Temporary Criterion, mas trocando em miúdos, é uma carta de declaração da intenção da sua estadia. É muito importante justificar o porquê dos seus estudos no país e seus vínculos e incentivos para o retorno ao país de origem.
  • Recursos financeiros: 
    • Extratos bancários de três meses anteriores à aplicação do visto que comprovem AU$1.761 para cada mês de permanência na Austrália seja do próprio solicitante ou do seu patrocinador
    • Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física
    • Hospedagem: endereços, recibos de pagamento
  • Seguro de saúde/viagem
  • Passagem: não é mais obrigatória a apresentação da passagem.

Estudar + de 20 semanas com permissão de trabalho

O que muda da aplicação inferior a 20 semanas são os exames médicos necessários. Ao completar e enviar a sua aplicação, automaticamente o sistema emite a guia do exame (HAP ID) se a duração dos seus estudos for superior ao mencionado acima. O exame deve ser realizado em médicos cadastrados com o DHA. Para encontrar um médico cadastrado clique aqui.

Apenas como referência, a consulta custa por volta de R$460 e o raio x R$150. Os exames também precisam ser realizados em laboratórios credenciados para que os laudos saiam em inglês. Se o seu convênio cobrir, você provavelmente não terá gastos adicionais além da consulta.

  • Quais os exames necessários – Atestado médico completo, raio x do pulmão (para checar tuberculose) e exame urina simples. Os exames tem validade de 12 meses.

Prazos, preço e processos do visto de estudante

Uluru, Austrália - Foto Walkerssk, Pixabay
Monolito Uluru, Austrália – Foto Walkerssk, Pixabay

Eu citei lá em cima sobre o tempo médio de processamento do visto de turista. Seguem aqui as estimativas de processo para o visto de estudante, subclasse 500. Os dados foram retirados do site do Home Affairs da Austrália.

A referência são dias corridos e contados a partir da data de aplicação.

Atualmente a embaixada está sem prazo de processamento para vistos dessa categoria.

Valor do visto de estudante para a Austrália

O valor é de 628,18 dólares australianos na data que este artigo foi escrito. Mas vale lembrar que se precisar de ajuda de uma agência pode haver taxas adicionais para apoiar a aplicação do visto.

O valor foi reajustado em 2019 e normalmente não é reajustado todo ano.

Prazo do visto de estudante e renovação

O visto de estudante tem validade para o período do curso mais um período de férias usualmente. A regra é:

  • Para estudos até 10 meses, quatro semanas férias são concedidos
  • Para estudos acima de 10 meses, são oito semanas de férias
  • Se seu curso foi superior a 10 meses e terminar a partir da segunda metade de novembro, o visto é concedido até 15 de março do ano seguinte.

Você deve enviar uma nova aplicação pela sua Immiaccount antes do vencimento do seu visto caso queira renovar a sua estadia. Isso é importante para que você não fique ilegal no país. Não há uma regra quanto a antecedência da aplicação. Quando o visto é aplicado de dentro do país você recebe um “visto ponte” para permanecer na Austrália até que a decisão sobre o novo visto seja tomada.

Não vamos esquecer que para estender a estadia você deve apresentar a mesma documentação novamente. Todos documentos devem estar atualizados.

Outros tipos de visto

A Austrália possui muitos tipos de visto, mas vamos falar mais sobre alguns. Além do visto de estudante, outros vistos mais comuns para a Austrália são:

  • Visto De Educação Superior (573) E Pesquisa De Pós-Graduação (574): Tem características similares ao visto de estudante normal.
  • Temporary Graduate visa: Visto de até 18 meses de trabalho para quem conclui uma graduação na Austrália
  • Work permit/ Visto de trabalho: neste caso você precisará de um sponsor, que te ofereça um contrato de trabalho e ainda justifique à imigração o porque da sua contratação. Isso acontece geralmente para áreas onde a mão de obra é escassa. Na Austrália é conhecido como Sponsor Visa.
  • Skilled Independent Visa (Residência): Neste visto você poderá viver indefinidamente na Austrália. Além de passar por um teste é necessário ser convidado pelo governo e aprovar toda documentação.

Todas informações de vistos o I&V sempre recomenda uma validação no site da Imigração do País, pois as regras podem mudar sem prévio aviso. Lá você também encontrará outros tipos de visto!

Vale a pena solicitar seu Visto Australiano com uma Assessoria?

Processos de aplicações para vistos consulares podem ser burocráticos, detalhados, com regras que mudam dependendo de vários fatores (idade, objetivo da viagem, tempo de permanência etc.) além de sofrerem alterações constantes, sobretudo em tempos excepcionais tais como situações de crises globais envolvendo questões de saúde.

Contar com especialista atualizado, experiente e que lida com esses assuntos diariamente pode evitar situações nas quais pessoas sem experiência no assunto cometem equívocos pela falta de conhecimento a respeito de determinadas exigências, impostas aos aplicantes pelas autoridades estrangeiras responsáveis por analisar as aplicações de vistos. Um especialista vai saber lidar com todas as possíveis dúvidas e dificuldades das mais variadas naturezas que costumam surgir, além da competência para saber escolher as melhores estratégias de aplicação para cada caso.

Obter aprovação na aplicação de visto é parte fundamental de um projeto muito maior e que envolve custos (e sonhos!) muito maiores de modo que deve ser considerado um investimento de baixo custo quando se pensa no volume total de dinheiro investido em viagens ao exterior. Se sua viagem exige visto, sem ele todo o projeto fica comprometido.

Enfim, contratar assessoria na aplicação de vistos consulares aumenta as chances de aprovação e diminui os riscos de negativa 🙂

Por que contratar Mundo dos Vistos?

Existem no mercado várias ofertas de prestadores de serviços oferecendo serviços de assessoria de vistos desde profissionais informais até empresas solidamente estabelecidas.

Considerando a importância e os custos envolvidos numa viagem a um destino que exige visto de entrada, é fácil concluir que a contratação deve ser cuidadosamente avaliada na hora de escolher a empresa que prestará o serviço.

Mundo dos Vistos é a maior empresa do segmento no Brasil, conta com dezessete anos de experiência, primeira e única até o momento com certificação internacional ISO 9001 (conquistada em 2016 e renovada anualmente por meio de auditoria externa) que garante a qualidade dos processos da empresa, fornecedora oficial de marcas de renome no mercado de intercâmbio e turismo e com cerca de 40 funcionários em seus quadros altamente capacitados. A empresa é habilitada a prestar assessoria para praticamente qualquer destino que exige visto e que tenha representação diplomática no Brasil.

Mundo dos Vistos é fortemente orientada a enxergar os sonhos dos clientes muito além dos documentos exigidos para aplicação, por isso cuida para que o atendimento seja com foco na aprovação sem, no entanto, descuidar dos detalhes particulares de cada cliente.

Faça contato abaixo com a Mundo dos Vistos para entender com mais detalhes tudo que podem oferecer para que suas aplicação de visto seja a melhor experiência possível no assunto.

Veja aqui mais sobre o visto Canadense e o visto Americano (EUA).

Visto para Austrália aprovado…. boa viagem!

O processo de visto para a Austrália mais comum é para estudar inglês por 6 meses e tem o processo similar ao da Nova Zelândia.

Depois do visto aprovado é só aguardar a viagem!  Se preparar para o curso, planejar os gastos, pensar em viagens e lugares que deseja conhecer. Motivos para conhecer esse país é o que não falta! Boa viagem e enjoy!

Pronto para seu intercâmbio na Austrália?

Preencha o formulário abaixo e fale com diversas agências de uma só vez, receba várias cotações e prepare-se para embarcar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *