Países que “não” precisam de visto para brasileiros

Antes de mais nada, procurar saber quais países que não precisam de visto para brasileiros é um passo importante na hora de organizar sua viagem ou intercâmbio.

Primeiramente, os vistos são uma forma de organizar o acesso entre moradores de outros países. De forma objetiva, o visto é uma autorização concedida por uma nação para um estrangeiro, para que este possa entrar e/ou permanecer neste território.

Normalmente, os vistos incluem tempo limite de entrada do estrangeiro, territórios em que ele pode entrar, o número de visitas permitidas ou o direito de trabalhar ou estudar naquele país. Além disso, o visto costuma ser emitido na forma de um carimbo ou certificado impresso e vai em uma das páginas do passaporte.

As primeiras menções a passaportes e vistos remontam à Idade Média, mas estes documentos só tornaram-se realmente obrigatórios após a Primeira Guerra Mundial.

Ainda mais, ao longo do tempo os processos evoluíram. Por exemplo, antigamente o visto era concedido por um funcionário da imigração na chegada do aeroporto, o que, como era de se esperar, causava muito congestionamento. Hoje, o visto normalmente é solicitado antecipadamente, dando tempo para a análise ser feita com calma tempos antes da viagem.

Por fim, os vistos dependem da relação entre os países. Muitos acordos são bilaterais e baseados em reciprocidade. Em outros casos, a isenção é concedida unilateralmente para incentivar o turismo, por exemplo.

Portanto, confira neste artigo quais países não precisam de visto para brasileiros.

Outras exigências além do visto

Além do visto, os países podem exigir outros documentos para acessar suas fronteiras, tais como:

  • Passaporte
  • Reservas de hotel e de passagens
  • Comprovações financeiras
  • Vacinas
  • Exames médicos
  • Assinatura de documentos
  • Seguro viagem

Quais países não precisam de visto para Turismo?

América do Sul

Em primeiro lugar, apenas um país da América do Sul exige visto de turismo para brasileiros: a Guiana Francesa. Em todos os outros é possível fazer uma visita portando apenas o seu RG.

Contudo, é preciso se atentar ao tempo de estadia permitido em cada país. Confira a lista abaixo:

PaísTempo máximo de estadia
Argentina90 dias
Bolívia30 dias
Chile90 dias
Colômbia180 dias
Equador90 dias
Guiana90 dias
Paraguai90 dias
Peru90 dias
Suriname90 dias
Uruguai90 dias
Venezuela60 dias
Países que não precisam de Visto na América do Sul

América Central

Além disso, também na América Central há muitos países onde brasileiros não precisam de visto para entrar:

PaísTempo máximo de estadia
Antígua e Barbuda180 dias
Barbados180 dias
Belize90 dias
Costa Rica90 dias
Dominica90 dias
El Salvador90 dias
Granada90 dias
Guatemala90 dias
Haiti90 dias
Honduras30 dias
Jamaica90 dias
Nicarágua90 dias
Panamá90 dias
República Dominicana90 dias
Santa Lúcia90 dias
São Cristóvão e Nevis90 dias
São Vicente e Granadinas90 dias
Trinidad e Tobago90 dias
Países que não precisam de Visto na América Central

América do Norte

Já na América do Norte, são apenas 2 países que não exigem visto para brasileiros:

PaísTempo máximo de estadia
México90 dias
Bahamas90 dias
Países que não precisam de Visto na América do Norte

África

Contudo, na África são 6 países que oferecem essa isenção de visto de turista para os brasileiros:

PaísTempo máximo de estadia
África do Sul 90 dias
Botsuana90 dias
Marrocos90 dias
Namíbia90 dias
Ilhas Seychelles90 dias
Tunísia90 dias
Países que não precisam de Visto na África

Europa

Antes de mais nada, devido ao Tratado de Schengen, a maior parte dos países europeus não exige visto de turismo para permanências de até 90 dias dentro do território. Sendo assim, confira a lista completa abaixo:

PaísTempo máximo de estadia
Alemanha90 dias, a cada 180 dias
Andorra90 dias, a cada 180 dias
Áustria90 dias, a cada 180 dias
Bélgica90 dias, a cada 180 dias
Bósnia90 dias, a cada 180 dias
Bulgária90 dias, a cada 180 dias
Croácia90 dias, a cada 180 dias
Dinamarca90 dias, a cada 180 dias
Eslováquia90 dias, a cada 180 dias
Eslovênia90 dias, a cada 180 dias
Espanha90 dias, a cada 180 dias
Finlândia90 dias, a cada 180 dias
França90 dias, a cada 180 dias
Geórgia90 dias, a cada 180 dias
Grécia90 dias, a cada 180 dias
Holanda90 dias, a cada 180 dias
Hungria90 dias, a cada 180 dias
Irlanda90 dias, a cada 180 dias
Islândia90 dias, a cada 180 dias
Itália90 dias, a cada 180 dias
Liechtenstein90 dias, a cada 180 dias
Luxemburgo90 dias, a cada 180 dias
Mônaco90 dias, a cada 180 dias
Noruega90 dias, a cada 180 dias
Polônia90 dias, a cada 180 dias
Portugal90 dias, a cada 180 dias
Reino Unido90 dias, a cada 180 dias
República Tcheca90 dias, a cada 180 dias
Romênia90 dias, a cada 180 dias
San Marino90 dias, a cada 180 dias
Sérvia90 dias, a cada 180 dias
Suécia90 dias, a cada 180 dias
Suíça90 dias, a cada 180 dias
Turquia90 dias, a cada 180 dias
Ucrânia90 dias, a cada 180 dias
Vaticano90 dias, a cada 180 dias
Países que não precisam de Visto na Europa

Ásia

Além disso, a Ásia também possui muitos países onde brasileiros não precisam de visto para turismo:

PaísTempo máximo de estadia
Cazaquistão30 dias 
Cingapura30 dias
Coreia do Sul90 dias (Processo está em revisão)
Emirados Árabes Unidos90 dias
Filipinas59 dias
Hong Kong 90 dias
Indonésia30 dias
Ilhas Maldivas30 dias
Israel90 dias
Malásia90 dias
Mongólia90 dias
Rússia90 dias
Tailândia90 dias
Turquia90 dias
Países que não precisam de Visto na Ásia

Oceania

Por fim, a Oceania também tem algumas opções onde brasileiros não precisam de visto para fazer uma visita:

PaísTempo máximo de estadia
Fiji90 dias
Micronésia30 dias
Nauru30 dias
Nova Zelândia90 dias (apenas autorização eletrônica antecipada)
República do Palau30 dias
Samoa60 dias
Tonga30 dias
Tuvalu90 dias
Países que não precisam de Visto na Oceania

Quais países não precisam de visto para Trabalho?

América do Sul

Em primeiro lugar, aqui na América do Sul há vários países nos quais os brasileiros não precisam de visto para morar e trabalhar durante um período de tempo. 

Além disso, nesses países você sequer precisa utilizar seu passaporte: apenas com o RG já é possível fazer uma visita.

Nesse sentido, confira abaixo os países onde os brasileiros podem morar e trabalhar sem visto.

PaísTempo máximo de estadia
Argentina2 anos
Paraguai2 anos
Uruguai2 anos
Chile1 ano
Países que não precisam de Visto de Trabalho na América do Sul

Outros continentes

Infelizmente, fora da América do Sul não há nenhum país onde os brasileiros possam trabalhar sem visto. Contudo, alguns países possuem acordos que facilitam este caminho para nós, brasileiros. Confira:

Países que não precisam de visto para brasileiros - Portugal
Países que não precisam de visto para brasileiros – Portugal

Portugal

Antes de mais nada, sim, você precisa de visto para trabalhar em Portugal. Contudo, obter esse documento é um pouco mais fácil comparado a outros países. Isso se deve ao fato de Portugal possuir muitos acordos de bilateralidade com o Brasil, o que facilita tanto a nossa ida para lá quanto a vinda deles para cá.

Nesse sentido, é possível aplicar o visto se você for empregado de uma empresa (tipo D1), empreendedor ou prestador de serviços (tipo D2) ou ainda profissional altamente qualificado (D3).

Alemanha

Primeiramente, a Alemanha entra nessa lista pois os brasileiros têm a opção de emitir um visto de 6 meses para procurar emprego no país.

Para conseguir este tipo de visto é necessário ter diploma universitário, currículo, carta de motivação e comprovar que possui, no mínimo, 853 euros mensais.

Quais países não precisam de visto para Residência?

Países que não precisam de visto para brasileiros
Países que não precisam de visto para brasileiros

Nesse caso, a lógica é a mesma do tópico anterior. Fora da América do Sul todos os países exigem o visto, embora alguns apresentem facilidades para os brasileiros (como é o caso de Portugal e da Alemanha).

Já na América do Sul, é possível permanecer por até 1 ano no Chile e por até 2 anos na Argentina, Paraguai e Uruguai, apenas com a permissão de residência, sem a necessidade do visto.

Além disso, o Uruguai tem sido um destino cada vez mais procurado por brasileiros que desejam emigrar, devido aos seus incentivos a empreendedores estrangeiros.

Quando e como é necessário uma Assessoria de Vistos?

Primeiramente, processos de aplicações para vistos podem ser burocráticos, detalhados, com regras que mudam dependendo de vários fatores (idade, objetivo da viagem, tempo de permanência etc.) além de sofrerem alterações constantes, sobretudo em tempos excepcionais tais como situações de crises globais envolvendo questões de saúde.

Contar com especialista atualizado, experiente e que lida com esses assuntos diariamente pode evitar situações nas quais pessoas sem experiência no assunto cometem equívocos pela falta de conhecimento a respeito de determinadas exigências.

Um especialista vai saber lidar com todas as possíveis dúvidas e dificuldades das mais variadas naturezas que costumam surgir, além da competência para saber escolher as melhores estratégias de aplicação para cada caso.

Obter aprovação na aplicação de visto é parte fundamental de um projeto muito maior e que envolve custos (e sonhos!) muito maiores de modo que deve ser considerado um investimento de baixo custo quando se pensa no volume total de dinheiro investido em viagens ao exterior. Se sua viagem exige visto, sem ele todo o projeto fica comprometido.

Enfim, contratar assessoria na aplicação de vistos consulares aumenta as chances de aprovação e diminui os riscos de negativa. De acordo com João da Silva, Diretor de Imigrações da Mundo dos Vistos, utilizar uma assessoria de Vistos reduz em 80% o risco de ter o visto negado e acelera o processo em pelo menos 50%.

Por que contratar Mundo dos Vistos?

Existem no mercado várias ofertas de prestadores de serviços oferecendo serviços de assessoria de vistos desde profissionais informais até empresas solidamente estabelecidas.

Considerando a importância e os custos envolvidos numa viagem a um destino que exige visto de entrada, é fácil concluir que a contratação deve ser cuidadosamente avaliada na hora de escolher a empresa que prestará o serviço.

Mundo dos Vistos é a maior empresa do segmento no Brasil, conta com dezessete anos de experiência, primeira e única até o momento com certificação internacional ISO 9001 (conquistada em 2016 e renovada anualmente por meio de auditoria externa) que garante a qualidade dos processos da empresa, fornecedora oficial de marcas de renome no mercado de intercâmbio e turismo e com cerca de 40 funcionários em seus quadros altamente capacitados. A empresa é habilitada a prestar assessoria para praticamente qualquer destino que exige visto e que tenha representação diplomática no Brasil.

Mundo dos Vistos é fortemente orientada a enxergar os sonhos dos clientes muito além dos documentos exigidos para aplicação, por isso cuida para que o atendimento seja com foco na aprovação sem, no entanto, descuidar dos detalhes particulares de cada cliente.

Faça contato abaixo com a Mundo dos Vistos para entender com mais detalhes tudo que podem oferecer para que sua aplicação de visto seja a melhor experiência possível no assunto.

E aí, preparado para realizar o sonho do intercâmbio?

Preencha o formulário abaixo e fale com diversas agências de Intercâmbio de uma só vez, receba várias cotações e prepare-se para embarcar!