Intercâmbio para Adultos: O que é, Como funciona e Quanto Custa?

Fazer o intercâmbio depois de adulto deixou de ser uma exceção para se tornar o mais comum de todos. Em algum momento, intercâmbio era para adolescentes – e continua sendo, mas é também para adultos e até idosos.

Intercâmbio para adultos vem crescendo cada vez mais, por vários motivos: ficou muito mais acessível, muita gente ainda precisa correr atrás do idioma e outros ainda sonham em sair do Brasil e o intercâmbio é um caminho.

Muitas vezes, nos colocamos limites e pensamos coisas como “intercâmbio depois dos 30?”. “Depois dos 50?”. No fim das contas, como eu sempre digo, o importante é fazer o intercâmbio quando você tiver vontade e aproveitar ao máximo! Conheci intercambistas adultos de 18 anos e de 60 anos (que deixou o filho para trás), que viveram intensamente o intercâmbio.

18, 30, 50 ou até 80… Não importa, existe uma opção para você, vá em frente! 🙂

O que é intercâmbio para adultos?

Para este artigo, entenda como adulto todo o maior de idade, ou seja, alguém totalmente responsável e que não dependa de autorizações ou tutela formal. No fim das contas, esta é a grande diferença entre um intercâmbio adulto é um intercâmbio para menores de idade: a burocracia é menor, desde o processo de visto até o aceite pelas escolas.

Além disso, como maior de idade e independente, você não precisará se submeter à tutela de alguém. Claro, no caso de você ficar em uma host family, como eu fiquei, vai ter que respeitar as regras da casa, mas não estará sob a responsabilidade legal da família.

Estas duas mudanças tem uma implicação importante: os cursos de intercâmbio para adultos normalmente são mais baratos. Afinal de contas, geram menos burocracia e envolvem menos riscos pois você já é bem grandinho e sabe se cuidar! hehe

Quais os tipos de intercâmbio adulto?

Basicamente os tipos são infinitos… É quase mais fácil dizer que um adulto não consegue fazer os intercâmbios destinados a adolescentes, como High School (ensino médio), programas de férias e similares.

Alguns exemplos de intercâmbio para adultos são:

Sem dúvida nenhuma, os cursos de idioma são os mais procurados. Aqui no Intercâmbio & Viagem, cerca de 80% das pessoas que entram em contato estão procurando estudar alguma língua, normalmente o inglês.

Opções para adultos com trabalho

Estudar fora do Brasil, já adulto, tem outra vantagem: em determinados casos, você poderá trabalhar.

Calma, infelizmente isso vai ficando cada vez mais restrito, mas ainda é uma possibilidade real! Alguns destinos são mais flexíveis, outros menos. Para cada tipo de curso e destino, tem uma regra. Aqui vão também alguns exemplos:

  • Idioma inglês: Irlanda, Austrália e Nova Zelândia permitem trabalho para cursos de idioma de longa duração
  • Idioma espanhol: países do Mercosul permitem que você trabalhe, desde que peça residência temporária
  • Graduação, especialização, mestrado etc.: usualmente você pode trabalhar em períodos de férias e em alguns casos meio período durante das aulas
  • Au pair : cuidar de crianças é uma opção em vários países
  • True: Este é um exemplo para jovens adultos que querem trabalhar no EUA, condições bem restritas
  • Voluntário: trabalhar sem remuneração também é um opção, principalmente em trabalhos de aspecto social.

Vale dizer parte que, principalmente para os 3 primeiros exemplos, você tem DIREITO a trabalhar. Ou seja, ao chegar no país terá que procurar colocação. Nos três últimos exemplos, você já vai como uma colocação definida ou minimamente direcionada.

Veja aqui mais detalhes sobre os países em que se pode trabalhar enquanto estudo inglês.

Estudando com o cônjuge ou com toda a família

Mais uma vez, isso vai varia bastante função do destino e do tipo de curso. Geralmente, para cursos de idiomas a solução é simples: o mais comum é que seu acompanhante faça também um curso no país. Tanto o custo, quanto o processo burocrático faz com que seja mais fácil você seguir este caminho.

Para outros tipos de curso como Graduação e Mestrado, muitas vezes existem opções de visto para acompanhante e o que você precisará comprovar é que tem dinheiro o suficiente para manter os dois. Usualmente, o valor exigido para cada novo acompanhante é menor do que o intercambista. De qualquer forma, vai aumentando o valor.

Para períodos menores, até 3 meses normalmente, é muito mais fácil pois em muitos países você vai estudar e sob um visto de turista, como é o caso da Europa.

Se você tiver filhos, a mesma regra se aplica, podendo ter uma ou outra burocracia a mais.

Quanto custa? Preços de referência…

Simulador Online de Orçamento e Preços de IntercâmbioAqui no I&V, tenho um mooooooooonte de exemplos de preços de intercâmbio na série “Quanto Custa um Intercâmbio” e também no simulador. A lista abaixo é só para você saber o quão perto está seu sonho. O artigo “Intercâmbio Barato” também uma boa referência para saber o quanto você precisa se planejar para realizar seu sonho.

Intercâmbio para idosos, tem diferença?

Sim e não.

Na prática, quase qualquer escola de intercâmbio adulto vai aceitar estudantes de 18 ou de 180 anos. Idade não faz grande diferença para as escolas e acomodações – a não ser que tenha algum problema ou limitação de saúde.

Faça intercâmbio agora - Irlanda

Muitas agências, porém, vem criando produtos para maiores de 50 anos… ou intercâmbio para terceira idade… ou qualquer outro nome que inventem. O fato é que a principal diferença que normalmente há, é quantidade ou a qualidade dos serviços. Impactando também o preço.

Mais alguns exemplos:

  • Dependendo da idade, o Seguro Viagem pode ficar mais caro
  • Algumas pessoas mais velhas, podem prezar um pouco mais pela comodidade, requerendo quartos exclusivos ou um serviço melhor
  • Alguns serviços adicionais de turismo já incluídos

Ou seja, a grande mudança é a inclusão de serviços adicionais e comodidades, mais do que um curso dedicado ou qualquer coisa do gênero.

Pronto para seu intercâmbio? Faça como mais de 50 mil pessoas: Preencha o formulário abaixo e receba diversas propostas de diversas agências de intercâmbio, em todo Brasil.

Homero Carmona

Blogueiro desde 2008, ano em que fez seu primeiro intercâmbio e começou a viajar por aí! Atualmente coleciona mais de 40 países no seu passaporte e sonha conhecer todos os 200 e poucos por este mudão a fora... Seu hobby é fazer com que mais gente viaje, todo dia, cada dia mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *