Guia: Visto J1 – Opção de Intercâmbio com Trabalho nos EUA

Dentre todas as opções para se trabalhar legalmente nos Estados Unidos, o programa de estágio e trainee J1 é o que possui o processo mais simples e rápido. É possível encontrar oportunidades em diversas áreas, tais como Administração, Hospitalidade, Culinária, Engenharia, Artes, Educação e Direito. Os programas do Visto J1 EUA permite que os participantes exerçam trabalho remunerado no país por um período de 12 a 36 meses.

Também conhecido como “Programa J1”, estudantes, recém-graduados, ou profissionais com, ao menos, 5 anos de experiência na área que desejam atuar são elegíveis para participar. Mas afinal,

O que é o visto J1?  

O Visto J1 é um visto da categoria de não-imigrante, emitido pelo Governo dos Estados Unidos para estudantes, professores e intercambistas, que desejam participar em programas que promovam troca cultural entre ambos países, especialmente para obter treinamento nos EUA. Após a conclusão do programa, os participantes que viajam com o visto J1 possuem um período de 30 dias – o grace period – para viajar e conhecer outras partes dos Estados Unidos. O visto da categoria J1 é um dos mais abrangentes e possui um diverso grupo de programas, tais como:

Quais são os requisitos?  

Programa Au Pair - Foto Pexels
Programa Au Pair – Foto Pexels

Para trabalhar nos Estados Unidos no programa de intercâmbio cultural, os seguintes requisitos devem ser atendidos:

  • Ter entre 18 e 35 anos;
  • Inglês pré-avançado;
  • Disponibilidade para morar nos EUA por pelo menos 12 meses;
  • Estágio: Ensino superior completo (há até 12 meses) ou cursando;
  • Trainee: Ensino superior completo + 1 ano de experiência; ou 5 anos de experiência.

E os benefícios?  

  • Salários a partir de USD12/hora (varia de acordo com cada empregador)
  • Crescimento pessoal, já que o intercâmbio trabalho é uma das
  • Prática diária do idioma
  • Plano de treinamento e acompanhamento mensal
  • Grace period: 30 dias ao final do programa para viajar nos Estados Unidos

Como tirar o visto j1? Como começar o processo?

Em primeiro lugar, você precisa encontrar um empregador americano que lhe ofereça uma vaga de trabalho nos Estados Unidos. Apesar de ser possível iniciar o processo independentemente, recomenda-se fortemente o suporte de uma agência especializada, que já conta com uma base de vagas e empregadores disponíveis.   

Desta forma, existem duas possibilidades:  

I. Processo de colocação Independente:

Como o próprio nome diz, nesta modalidade você é o responsável por assegurar sua vaga de estágio ou trainee nos Estados Unidos. Uma vez que sua vaga esteja confirmada, é a hora de procurar o seu sponsor, ou seja, a empresa que patrocinará seu visto nos EUA. Embora não seja tão comum, alguns empregadores também estão aptos a patrocinar o visto J1.

O passo a passo da colocação independente ocorre da seguinte forma:

  1. Busca por um empregador;  
  2. Confirmação da vaga de trabalho – aceitação da “Job Offer”;  
  3. Busca por um Sponsor do visto J1;  
  4. Revisão de documentação e envio do formulário DS-2019;  
  5. Entrevista para o visto;  
  6. Embarque para os Estados Unidos.  

II. Processo de colocação premium:

No processo de colocação premium, a agência de intercâmbio contratada cuidará de todos os detalhes do seu processo e assegurará sua vaga de trabalho. Sem dúvidas, a maneira mais rápida e confiável de encontrar um empregador na Terra do Tio Sam! O processo funciona assim:  

  1. A agência envia seu currículo para todas as vagas dentro do seu perfil;  
  2. Agendamento de entrevistas;  
  3. Confirmação da vaga de trabalho;  
  4. Envio do formulário DS-2019;  
  5. Entrevista para o visto;  
  6. Embarque para os Estados Unidos.  

O processo de colocação premium leva cerca de 2 a 4 meses do início ao agendamento da entrevista de visto no consulado americano.  

Uma vez que tenho a colocação confirmada, qual documentação preciso apresentar?  

Os candidatos aprovados são obrigados a enviar uma variedade de documentos para revisão do sponsor ou agência antes da aceitação final. Estes incluem, mas não estão limitados a:   

  • Extrato bancário incluindo fundos suficientes para despesas nos Estados Unidos (mínimo USD 1 mil)   
  • Passaporte válido   
  • Cópia do diploma e/ou histórico escolar (intercambistas graduados ou graduandos)  
  • Comprovação de experiência de trabalho (intercambistas que não possuem ensino superior)  

Quais são os custos de um intercâmbio com Visto J1?

Jovem trabalhando em restaurante - Fonte Pexels
Jovem trabalhando em restaurante – Fonte Pexels

Os preços do programa J1 variam entre USD3,700 e USD4,300, dependendo do tipo de programa (independente e premium). Além disto, o participante precisará arcar com outros custos fixos e variáveis:

  • Taxas consulares: abrangem os valores do visto J1 (USD 160) e a taxa SEVIS (USD220). A Taxa SEVIS (Student and Exchange Visitor Information System) é uma taxa obrigatória, cobrada pelo Governo dos Estados Unidos para administrar um Sistema online que coleta e administra informações sobre os estudantes durante sua permanência no país.
  • Seguro saúde: o Seguro saúde, também obrigatório, custa em torno de USD60/mês. Este valor varia de acordo com o sponsor/empregador americano.
  • Passagem aérea: os valores variam de acordo com a origem e destino de cada participante, o recomendado é estimar cerca de USD900,00 para esta categoria.
  • Transporte: deve-se estimar cerca de USD200 para gastos com transporte, que inclui os gastos na chegada do Aeroporto nos Estados Unidos.
  • Alimentação: recomenda-se também alocar cerca de USD200 para os gastos iniciais, até que receba-se o primeiro pagamento.
  • Moradia: valores variam de acordo com o empregador. Em áreas como Hospitalidade e Culinária, é comum que empregadores providenciem acomodação temporária (por até um mês) gratuita para que os participantes tenham tempo suficiente para encontrar sua própria acomodação permanente. Alguns resorts e estações de Ski oferecem acomodação gratuita durante todo o programa! Para demais áreas e colocações que não providenciam acomodação temporária, recomenda-se levar cerca de USD 1 mil para despesas iniciais e depósitos.
  • Comunicação: a T-Mobile possui um plano ilimitado de internet, ligações domésticas e mensagens de texto nos Estados Unidos por USD55. Que adicionar ligações ilimitadas para telefones fixos no Brasil? Adicione USD15/mês no orçamento.

Posso levar dependentes?  

O visto J1 possui uma sub-categoria (J2) para dependentes diretos, cônjuge e filhos, dos aplicantes. Entretanto nem todas colocações são elegíveis, já que o patrocínio do visto cabe ao Sponsor americano. No geral, os sponsors aceitam pedidos de visto para dependentes de participantes que ficarão nos Estados Unidos por mais de um ano. Como não é regra, aconselha-se consultar mais de um sponsor caso tenha interesse em levar acompanhantes para os Estados Unidos.

Já estou nos Estados Unidos, posso me candidatar? 

Sim. Assim como a maior parte de categorias de visto de não-imigrante, é possível aplicar para troca de status para a categoria J1, caso você já esteja nos Estados Unidos com outro tipo de visto (estudante, visitante, etc). Este processo, porém, não é comum por ter um investimento muito maior – estima-se que os gastos consulares sejam, em média , USD825 maiores –, e o tempo de espera para aprovação do status pode ser de até 19.5 meses, de acordo com o site do Governo americano. Outra desvantagem da troca de status é não poder sair dos EUA até o final do seu programa, já que você não terá um visto em si, apenas o status legal de poder trabalhar no país.  

Posso participar do programa mais de uma vez? 

Sim! O visto J-1 para estagiários e trainees pode ser aplicado várias vezes.

No entanto, o requisito certo se aplica:

  • Estagiários: é possível desde que você esteja oficialmente matriculado como estudante. No entanto, você deve retornar ao seu país de origem após sua estadia nos EUA, e um certo nível de progresso em sua carreira seja evidente (por exemplo, outro semestre concluído, estágio no país de origem, etc.).
  • Trainee: Há um período de espera obrigatório de dois anos entre os vistos. Se você deseja solicitar outro visto de trainee J-1, deve esperar um período de pelo menos dois anos entre dois vistos. O mesmo se aplica se você já possui um visto de estagiário J-1 e deseja solicitar o visto de estagiário J-1.

Nota: Se possível, o segundo estágio/trainee não deve ocorrer na mesma empresa e deve conter tarefas diferentes do programa anterior.

Pronto para seu intercâmbio com trabalho nos EUA? Faça como mais de 60 mil pessoas, preencha o formulário abaixo e fale com diversas agências de uma vez para ajudar você a realizar o seu sonho!