Casos de um viajante – Alugando e dirigindo carro no Panamá

Para fazer o passeio para Colón e Portobelo, além de aproveitar o ensejo para ir ao aeroporto no dia seguinte, resolvi alugar um carro na minha passagem pelo Panamá. Além de, claro, aproveitar a interessante experiência de dirigir em um local diferente.

Primeiro falando sobre em como alugar carro no Panamá… basicamente segui os mesmos trâmites que no Brasil ou qualquer lugar do mundo. Fiz a reserva na National Car Rental pela internet e no dia seguinte, fui retirar.

Como o esperado – visto o péssimo atendimento em toooodo lugar do Panamá -, o atendimento foi demorado – desta vez pelo menos o cara era simpático. Fiquei cerca de 30 – 40 mins para conseguir retirar o carro, muito demorado quando comparado com os EUA, que você retira em 5, 10 minutos… e até mesmo no Brasil, em 15 minutos já consegue sair com o carro.

A parte boa, é o preço, muuuito melhor que no Brasil. Peguei o modelo mais simples – que na verdade era um Kia Picanto 1,2, completo, foto abaixo – para um dia, devolvendo o carro em outro local – retirei no centro e devolvi no aeroporto. Valor foi de US$ 61.

Estrada para Portobelo, Panamá
Táxis e ônibus na Estrada para Portobelo, Panamá

Agora, a parte maaaaaais legal de alugar um carro no Panamá, é poder DIRIGIR no Panamá!!! Posso dizer que realmente é uma experiência diferente…

– Primeiro, é o trânsito. É notório que alguns lugares são uma bagunça, um emaranhado de ruas e avenidas (GPS é mandatório). E vira e mexe, em uma rua inesperada, pela falta de farol, pela pressa dos panamenhos, emerge um trânsito… é muito louco!!!

Os caras são apressados. Aquele negócio de deixar alguém ultrapassar, ou alguém sair do estacionamento etc. é sempre um caos. Tanto porque quem está passando não quer deixar entrar, como o cara que quer entrar, se joga… parece sempre estar a beira de um acidente.

– Estressados. Buzinas, buzinas, buzinas. Cheguei a ver um cara fechar o outro (se vingando de uma fechada), que parou o carro no MEIO DA AVENIDA e desceu do carro para discutir, como se fosse a sala da casa deles. Dá um medo até…

Ultrapassam por onde der. Pode ficar tranquilo que ninguém vai te dar farol, colar na bunda do seu carro…. não, eles vão simplesmente te ultrapassar por onde tiver espaço – direita, esquerda, se bobear até pelo acostamento. Se ele quiser passar, não vai esperar você abrir, vai simplesmente passar, o que eu acho excelente!!! =o)

Dirigir em outros países, para mim, é sempre uma experiência interessante, mesmo se for um carrinho de golf ou de bate-bate! hehehe

Homero Carmona

Blogueiro desde 2008, ano em que fez seu primeiro intercâmbio e começou a viajar por aí! Atualmente coleciona mais de 40 países no seu passaporte e sonha conhecer todos os 200 e poucos por este mudão a fora... Seu hobby é fazer com que mais gente viaje, todo dia, cada dia mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *