Embarcando para os Estados Unidos (New York) com a TAM – Problemas no Check-in

Chegando o dia tão esperado do meu embarque, fui tentar fazer o Check-in na TAM e voilá, não consegui. Surge na tela a mensagem “Procure um agente no aeroporto”. Que ótimo, já começamos bem…

Próximo passo foi ligar na TAM, e a resposta que me deram foi “Como você comprou no Decolar.com – ou outra agência – eu não consigo fazer o Check-in para o senhor, tente falar com eles nos números XXXX.”

Ok, lá fui eu. Na verdade, entrei no site da Decolar.com para ver se tinha alguma forma de fazer o Check-in online, e voilá de novo, tinha, e dando a mesma mensagem. Já desenxavido e sem esperança liguei na central para ver se algum ser com superpoderes conseguiria fazer meu Check-in, ou, pelo menos, marcar meu assento. Como devem imaginar, não rolou. Me deram até um número de localizador novo, mas a mensagem persistiu.

P da vida, decidi chegar um pouco mais cedo em Guarulhos para poder conseguir um assento decente… Chego lá 3,5 horas antes do voo achando que ia me dar bem e fico sabendo que o check-in abriu cinco horas antes do voo.

No fim, consegui pegar um lugar ok no corredor – prefiro janela para dormir sem ser incomodado -, e disse a atendente, que ninguém conseguiu marcar assento, só na hora mesmo…. pois para os EUA não tem como fazer Check-in online – no minimo, sempre marquei meu assento, sempre!!!

Bom, não sei se é regra nova ou problema da TAM ou do meu voo em específico, fato é que, se virem a mensagem “Procure um agente no aeroporto”, já sabem o roteiro novela!

Vista aérea de ilha em Okinawa
Vista aérea de ilha em Okinawa, Japão

Homero Carmona

Blogueiro desde 2008, ano em que fez seu primeiro intercâmbio e começou a viajar por aí! Atualmente coleciona mais de 40 países no seu passaporte e sonha conhecer todos os 200 e poucos por este mudão a fora... Seu hobby é fazer com que mais gente viaje, todo dia, cada dia mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *