Tudo sobre o SAT, o Enem americano

O SAT, ou Scholastic Aptitude Test, é uma das provas mais comuns dos EUA. Similar ao nosso Enem, o SAT é um exame padronizado utilizado pelas universidades americanas em seus processos de admissão.

Administrado pelo College Board, o exame possui aplicação em todo o país e é aceito em todas as universidades dos EUA. Vale lembrar, no entanto, que o processo seletivo das universidades americanas não é baseado em uma única prova, levando em consideração diversos aspectos do candidato.

Portanto, se você pensa em ingressar em alguma universidade estadunidense, confira neste artigo tudo o que você precisa saber sobre o SAT, o Enem americano!

Menu do artigo:

Como é a estrutura da prova do SAT?

SAT - ENEM Americano nos Estados Unidos
SAT – ENEM Americano nos Estados Unidos – Foto Pexesl – andy-barbour

Em primeiro lugar, o conteúdo do exame é bem diferente em relação ao Enem. O SAT, que também é um tipo de vestibular americano, avalia o conhecimento do aluno por meio de apenas três áreas: Math (matemática), Critical Reading (linguagem e interpretação de textos) e Writing (escrita). Ainda mais, há um Essay (redação), que é opcional.

Nesse sentido, cada uma dessas áreas tem uma pontuação máxima de 800 pontos, totalizando 2.400 pontos. O tempo total do teste, incluindo a redação, é de 3h50, divididas conforme o quadro abaixo:

SeçãoTempoNº de questões
#1 – Reading65 minutos52 questões
#2 – Writing35 minutos44 questões
#3 – Math (sem calculadora)25 minutosA seção de matemática (com e sem calculadora) totaliza:
45 questões de múltipla escolha
13 questões discursivas
#4 – Math (com calculadora)55 minutos
#5 – Essay (opcional)50 minutos1 evidence-based essay (analisar uma fonte)

Como a nota é calculada?

Em primeiro lugar, cada seção da prova vale de 200 a 800 pontos. Logo, no total, as notas podem variar de 600 a 2.400 pontos. Além disso, diferentemente do ENEM, que utiliza pesos diferentes de acordo com a dificuldade da questão, no SAT cada questão possui o mesmo peso de pontos, independente do nível. Portanto, não tem problema chutar alguma questão caso não saiba a resposta.

No mais, assim como no ENEM, não existe “não passar” no SAT. Isto é: o que irá dizer se aluno foi bem ou mal são as médias e notas de corte das universidades em que ele pretende se candidatar. Nesse sentido, confira abaixo as médias de notas das universidades mais competitivas dos EUA:

UniversidadeMédia no Reading and WritingMédia em Mathematics
Harvard730 a 790730 a 800
MIT720 a 770770 a 800
Stanford690 a 770700 a 770
Caltech750 a 790780 a 800
University of Chicago730 a 780750 a 800

SAT-II

Primeiramente, o SAT-II, também chamado de SAT Subject Test, é um exame complementar ao SAT normal. Esse exame é exigido por algumas universidades por avaliar conhecimentos em áreas específicas, escolhidas pelo candidato.

O SAT-II tem uma hora de duração e é complementar ao SAT, não o substituindo. Nesse teste, o estudante pode escolher as matérias de maior interesse, nas quais ele conseguirá demonstrar maior habilidade. Assim, o SAT-II pode ajudar o candidato a mostrar para as universidades em quais matérias ele é realmente bom.

Além disso, geralmente as universidades mais concorridas pedem entre dois e três SAT-II, além da prova tradicional.

Como prestar o SAT no Brasil?

Como realizar o SAT no Brasil
Como realizar o SAT no Brasil. Foto de Monstera no Pexels.

Antes de mais nada, o processo para fazer o SAT aqui no Brasil é bastante simples. Basta se inscrever por meio do site do College Board, que é quem administra a prova. Na página, você consegue conferir o endereço de todos os 29 centros de aplicação aqui no Brasil, bem como as datas das próximas provas.

Ainda mais, atualmente a prova é aplicada cerca de 6 vezes por ano aqui no Brasil, sob o pagamento de uma taxa de US$ 100 (que varia conforme o candidato precise fazer a redação ou não). O pagamento pode ser realizado com o cartão de crédito ou via PayPal.

Dicas de estudos

Em primeiro lugar, vale lembrar que o SAT é bem diferente das provas que os alunos brasileiros estão acostumados a fazer. Por isso, a preparação deve estar em sintonia com aquilo que é realmente cobrado no exame. Em outras palavras: você precisa saber o que estudar, como estudar e treinar bastante.

Nesse sentido, o College Board possui o Question of the Day, um serviço no qual você recebe todos os dias em seu e-mail uma questão do SAT para treinar. Além disso, também existem alguns livros especializados em estudos para o SAT. Confira abaixo algumas recomendações:

Conclusão

Por fim, vimos que o SAT possui mesmo uma função muito parecida com a do nosso Enem: ingressar numa universidade. No entanto, a sua estrutura é bastante diferente: enquanto o Enem abrange todas as matérias, o Enem dos Estado Unidos (SAT) foca em matemática, escrita e interpretação de texto.

Portanto, antes de prestar o exame, é preciso dominar a estrutura da prova e treinar muito os assuntos que são avaliados. Para isso, você pode utilizar questões, simulados, livros, entre outros.

Quer fazer a Universidade nos Estados Unidos? Faça como mais de 50 mil pessoas. Preencha o formulário abaixo e fale com várias agências de intercâmbio de uma só vez. Receba diversas ofertas e compare opções!