Minha viagem em dez fotos – Japão

Japão  é talvez a viagem mais fantástica que eu já tenha feito, passei 21 dias sozinho e por um fato único: é uma experiência transcendental, que te leva a experimentar uma rotinas completamente diferentes. Você deixa de ser uma pessoa comum na rua, você é diferente da maioria e todos reconhecem isso. Por reconhecerem isso, você é tratado diferente, ou seja, MELHOR que os demais.

Um povo que em sua maioria, não tem religião, mas respeita um ao outro e reza, medita… um pedacinho mais evoluído da nossa civilização, talvez, uma nova civilização!

As 10 fotos do Japão

Tokyo é marcado pelas multidões, pela compras, pelas propagandas, pela tecnologia. Shibuya, um dos principais bairros da cidade reúne tudo isso. A estação de metrô tem mais de 40 saídas, o cruzamento é assim lotado dia e noite, lojas, lojas, lojas, propagandas, propagandas ahhh… Um lugar único no mundo!

Cruzamento em Shibuya, Tokyo, Japão 4
Cruzamento em Shibuya, Tokyo, Japão

Hiroshima é um lugar que todos devem visitar. O lugar mais triste que já visitei e um dos mais lindos. O museu mais espetacular, completo e objetivo que já fui…. impossível não se emocionar, impossível não temer por nossas vidas, tão frágeis diante o horror de uma guerra e de uma bomba Atômica.

A-Bomb Dome, epicentro da explosão em Hiroshima, Japão
A-Bomb Dome, epicentro da explosão em Hiroshima, Japão

Kyoto, capital da paz e da tranquilidade – segundo seu próprio nome diz, tem dezenas, quiçá centenas de templos. Lindos, exuberantes, com um clima e uma história singular em cada um… Kinkakuji (abaixo), não a toa, é um dos principais.

Kinkakuji, O Pavilhão de Ouro em Kyoto, Japão
Kinkakuji, O Pavilhão de Ouro em Kyoto, Japão

Fuji-san, Senhor Fuji, assim é chamado o mais imponente monte do Japão, e um dos mais famosos do mundo. Na temporada (julho-agosto) é possível escalar até o topo para ver o sol nascer… Dizem que quem for ao Japão e não subir lá para ver o sol nascer, um dia voltará para tal.

Monte Fuji visto do Parque Fuji-Q Highland, Japão
Monte Fuji visto do Parque Fuji-Q Highland, Japão

Na ex-capital Nara, fica o maior Buda de madeira do mundo. O Templo de Todaiji é maravilhoso e cheio de turistas japoneses. A cidade de Nara, apesar da história, é um lugar pequeno e muitíssimo aconchegante!

O Grande Buda no tempo Todaiji na cidade Nara, Japão
O Grande Buda no tempo Todaiji na cidade Nara, Japão

Se o Daibutsu de Kamakura é o segundo maior do Japão (e o maior a céu aberto), é só porque existe o Buda do Todaiji (acima). A simpática cidadezinha de Kamakura tem outros templos lindos além de ótimas opções de compras de souvenirs e de restaurantes.

Daibutsu no templo Kotokuin em Nara, Japão
Daibutsu no templo Kotokuin em Nara, Japão

Toshugo Shrine em Nikko é um dos principais do Japão e certamente dos mais lindos. É de lá também que vem a história dos três macaquinhos que foram ensinados que sobre o que os adultos falam, nada se fala, se ouve ou se vê!

Templo Toshugo em Nikko, famoso pelos 3 macaquinhos que não veem, ouvem ou falam - Japão
Templo Toshugo em Nikko, famoso pelos três macaquinhos que não veem, ouvem ou falam – Japão

Miyajima guarda um dos templos mais importantes do Japão, e tem o Torii (monumento que marca a entrada/aproximação de um santuário) mais famoso, que fica já dentro da água. Na maré baixa, pode-se caminhar até o Torii, na maré alta, a água embeleza o Torii e o templo de Itsukushima.

Um dos Toris mais importantes do Japão, em Miyajima
Um dos Toris mais importantes do Japão, em Miyajima

Castelo de Matsumoto é o segundo principal do país (depois do castelo de Himeji). Sua beleza é um símbolo dos castelos nipônicos e a região é ponto certo para alpinistas. Ah, quem quiser tomar banhos em um “Onsen” (termal), lá é uma boa opção! =o)

Castelo de Matsumoto, região de Nagano, Japão
Castelo de Matsumoto, região de Nagano, Japão

Okinawa é um destino incomum, pequeno arquipélago ao sul da ilha principal. Lá, apesar de ser uma cidade “pequena” pude registar uma das loucuras deste país. Alguns prédios são assim, minúsculos, estreitos, ocupando cada espaço. Neste caso, me chamou a atenção o terreno completamente vazio e inutilizado nas costas do edifício.

Prédio estreito em Okinawa, Japão
Prédio estreito em Okinawa, Japão

FOTOS EXTRA! Não podia deixar de por o que para mim simboliza o respeito e a confiança do povo japonês. Crianças em excursão, crianças nos metrôs sozinhas… um claro exemplo de como a segurança e a confiança na sociedade imperam no Japão!

Crianças no metrô de Kamakura, Japão
Crianças no metrô de Kamakura, Japão

Homero Carmona

Blogueiro desde 2008, ano em que fez seu primeiro intercâmbio e começou a viajar por aí! Atualmente coleciona mais de 40 países no seu passaporte e sonha conhecer todos os 200 e poucos por este mudão a fora... Seu hobby é fazer com que mais gente viaje, todo dia, cada dia mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *