Abrindo os Custos – Quanto Custa Viajar para a Holanda? 15 dias

Planejando viajar para a Holanda? Abri todos os detalhes de quanto gastei na minha viagem de 15 dias pelos Países Baixos. 

Viajar pela Holanda, passando por Amsterdam, Maastricht, Haia, Utrecht e outras cidades, foi uma experiência incrível. De qualquer forma, os gastos de uma viagem pela Europa não é pequeno. Aqui tem todos os meus gastos, assim como dicas de como economizar mais do que eu. Bom, a ideia aqui é detalhar quanto custa viajar para a Holanda. Aqui ficam outras referências de destinos na Europa, como Portugal, Islândia e uma calculadora para estimar o investimento da sua viagem. 

Esta viagem foi realizada de 22 de fevereiro a 10 de março de 2019, com voo direto saindo de Guarulhos. A cotação aproximada do Euro foi de R$ 4,50 / euro.

Gasto Total da viagem para a Holanda: R$ 23,574 o casal (ou R$11.787/pessoa)

Este valor inclui todos os gastos durante a viagem, exceto compras (seja souvenirs ou outros items pessoais e presentes). Todos eles detalhados abaixo.

No total, a viagem para a Holanda teve 16 dias: 1,5 viajando, 14,5 aproveitando 🙂

Vale dizer que nesta viagem, eu não fui apenas à turismo, foi também um intercâmbio de negócios. Qualquer forma, eu não inclui os custos de cursos aqui para não confundir.

Passagem Aérea para Amsterdam – R$ 5,855 o casal (ou R$2,928/pessoa)

Partiu Amsterdam, com a KLM

O voo foi pela KLM, saindo de Guarulhos.

O preço da passagem não foi dos melhores, mas teve uma razão. Eu poderia ter voltado na sexta-feira por R$ 2300, ou no sábado por R$2600, que eram valores mais razoáveis. Porém, mais caro do que gastar 300 ou 600 reais, é perder a oportunidade de ficar mais 1 ou 2 dias em uma viagem como esta.

De qualquer forma, poderia conseguir uma passagem mais barata e economizar um pouquinho.

Transporte (Aluguel do carro, gasolina, estacionamentos, taxis no Brasil etc.) – R$ 3,166, ou R$ 1,583/pessoa

Em termos de custo de transporte, divido a viagem em dois momentos. Na primeira semana, fiquei basicamente em Amsterdam onde só andei de transporte público e peguei Uber 2 vezes. Na segunda, aproveitei o carnaval para dar uma volta no país, e aí mais uma vez preferi alugar um carro pra aproveitar melhor o tempo e  o caminho. Tínhamos pouco tempo e o objetivo era ter flexibilidade nos passeios, já que não fizemos nada com tour.

Assim como em Portugal, a curiosidade que pelo jeito virou padrão na Europa: carro sem pneu reserva. Mas com aqueles estradas, só uma desgraça para um pneu furar. Enfim..

Os gastos aproximados por tipo:

  • Aluguel do carro: R$ 754 (para os 7 dias). Apenas com seguro para terceiros, usei o seguro do cartão para proteção do carro.
  • Estacionamentos: R$ 802. Muito caro estacionar, principalmente nas ruas das grandes cidades. Até 6 euros por horaaaaaa!!
  • Combustível, quase o dobro do preço do Brasil. Rodei 1000km: R$ 559 – Gasolina. 1,60 euros/litro.
  • Taxis/Ubers para ir e voltar do Aero e alguns ubers na Holanda : R$ 423
  • Pedágios: Não teve
  • Transporte público: R$ 628 ou R$ 324/pessoa

Alojamento: Hotéis e AirBnB – R$ 8,170 ou R$ 4,085/pessoa

A opção principal desta viagem foi ficar em Aribnbs em Amsterdam, tanto por uma questão de experiência quanto por ser melhor para minha esposa, que precisava trabalhar remotamente. O tipo de Airbnb deixou a conta toda um pouco mais cara. Preferimos pegar casas inteiras em vez de quarto, por conta do tempo que ficaríamos, queríamos tranquilidade, independência e privacidade. De qualquer forma, tudo parecia meio caro mesmo.

Com certeza poderíamos ter economizado uns 10 a 15% aqui. Foi opção pela qualidade e conforto mesmo.

Se estiver indo sozinho e/ou para ficar Hostel, talvez até uns 30 a 40% mais barato.

Alimentação (almoço, janta, café da manhã, snacks, cafézinho da tarde, compras no mercado, Bebidas) – R$ 4,578/casal ou R$ 2,289/pessoa

Devorando um Haring em Maastricht, Holanda
Devorando um Haring em Maastricht, Holanda

O fato de poder fazer uma comida no AirBnb, esquentar uma comida pronta do mercado etc. ajudaram a economizar um pouco. Além disso, estou em um tipo de dieta que muitas vezes eu não tomei da manhã. Outras vezes, na dinâmica normal, você acaba trocando um refeição por um snack… coisas de viajante mesmo, querendo aproveitar melhor o tempo disponível. Em outras vezes, porém, não economizei, escolhi para ter uma excelente refeição! 🙂

Gastamos por dia por pessoa R$ 130 – 160/ pessoa.

Gastos totais com alimentação do casal:

  • Refeições: R$ 3,238
  • Mercado: R$ 308
  • Snacks e cafés: R$ 844
  • Bebidas: R$ 189 – este valor é apenas para compras de bebida em bares ou quiosques. Como sempre relembro, eu não bebo. Dependendo do perfil de cada um, essa linha de custo pode ser bem diferente.

Turismo/ Diversão (entradas, museus, cadeiras de praia) – R$ 1,625/casal ou R$  812,5/ pessoa

Fizemos nenhum tour, mas entramos em diversos museus, igrejas e outras experiências. Muita história e lazer! 🙂

  • Tickets e Museus: R$  1,318 (entradas museus custavam de 5 a 20 euros)
  • Outras experiências: R$ 307 (ex. aluguel de um barco em Giethoorn, balanço no alto do A’dam lookout)
Os famosos canais de Amsterdam, Holanda

Outros  – R$ 178

Outra linha de custo que ficou bem baixa. Desta vez, novamente, optamos por não contratar o seguro viagem e ficar apenas com o seguro do cartão (veja se o seu te dá cobertura).

Estes R$ 178 foi para a compra de 2 chips de celular, com 6GB e 30 minutos de ligação. 20 euros por chip pré-pago.

Valeu cada centavo. R$ 5 / pessoa por dia para ficar conectado, poder pesquisar os lugares, usar GPS. Impagável!

Compras / Souvenirs (NÃO INCLUSO NA CONTA GERAL)

Pegando fim de inferno, aproveitamos algumas promoções e vale muito apena. Até fiz um post no inta falando sobre o assunto e preços 🙂

Abaixo uma lista de preços médios:

  • Imãs ou pins – R$ 2 a 5 euros/ item
  • Jaqueta feminina em promoção na H&M – 20 euros
  • Jaqueta masculina em promoção na H&M – 8 euros
  • Camisa feminina em promoção na Stradivarius – 6 euros
  • Queijos – 10 euros por peça

Conclusão e considerações finais sobre quanto custa viajar para a Holanda

Dentro dos meus planos de viagem para República Dominicana, um pouquinho acima, mas dentro da margem de segurança! hehe

Se você está planejando e pretende gastar menos, entendo que fazendo algumas coisas você pode gastar até 20% menos no roteiro de 15 dias na Holanda:

  • Buscar estadias mais baratas
  • Optar pelo trem em vez de alugar um carro, mas sabendo que isso pode te custa alguma flexibilidade e reduzir a possibilidade de visitar mais lugares
  • A passagem foi um pouco acima do que eu acho razoável para a Europa. Um preço bom / aceitável é até R$2,500 para mim.
  • Focar ainda mais em refeições mais baratas ou preparadas em “casa”

Sendo assim, a viagem que custou R$ 11 mil por pessoa, poderia ter ficado em aprox. R$ 9 mil!!! Quando comparo isso com os custos de viajar dentro do Brasil, principalmente nesta época de carnaval, fico realmente embasbacado.

E aí, partiu Holanda?

Todos custos foram controlados utilizando o aplicativo “Travel Money” no celular. 

Quer uma ajuda para organizar seu roteiro de viagem? Preencha o formulário abaixo e fale com agências de viagem parceiras do Intercâmbio & Viagem!

Homero Carmona

Blogueiro desde 2008, ano em que fez seu primeiro intercâmbio e começou a viajar por aí! Atualmente coleciona mais de 40 países no seu passaporte e sonha conhecer todos os 200 e poucos por este mudão a fora... Seu hobby é fazer com que mais gente viaje, todo dia, cada dia mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *