Planejamento minha próxima viagem: Passo #4, Planejando o dia-a-dia

No Passo #3, eu comentei que nesta viagem eu iria sozinho e que decidi alugar um carro. De qualquer forma, vale uma pesquisa básica para saber o que fazer para aproveitar o máximo da viagem. O meu plano geral não vai ser 100% rígido, mas vou definir algumas coisas que não posso voltar sem fazer.

Não sabe como cheguei até aqui? Veja aqui o Passos #1 – escolhendo o destino, Passo #2 – Comprar Passagens, Passo #3 – Definindo o roteiro.

Fase 1 – Brainstorming

A primeira coisa que fiz foi entrar nos principais sites de viagem e ver o que mais as pessoas recomendam. Além de fazer buscar relativamente aleatórias em busca de imagens que possam ser sinal de algo bacana – uma paisagem ou uma festa, por exemplo.

  • Virtualtourist.com – Eu gosto muito desse site, principalmente para lugares que tem muitas coisas. É possível ver de maneira organizada quais as cidades mais visitadas, e dentro delas, as principais atrações. Tem também os “tourist traps” (emboscadas de turistas), leitura altamente recomendada para viagens a destinos relativamente perigosos ou com má fama (tipo Brasil).
  • Trip Advisor – Eu vejo, mas não aprofundo, pois ficou muito muito comercial. Então tem coisas lá que vejo como propagandas. O que mais me confunde lá é: eu não sei dizer se é algo que você tem que fazer em um lugar, ou se é simplesmente algo que muita gente fez e gostou. Não necessariamente isso indica que é um passeio relevante… Prefiro usar o Trip como um site para conferir se vale a pena ou não, não para definir minha preferência.
  • Google Images – Eu simplesmente jogo o nome do país ou das cidades no Google Images e procuro o que pode me cativar. No caso da Costa Rica, usei palavras como Praia, Vulcão, Cachoeira etc.
  • Blogs aleatórios (tipo o meu) – Faço mais um busca no Google com frases do tipo “10 principais atrações da Costa Rica”.
  • Procuro por festas regionais no período em que estarei no país. No caso da Costa Rica, na primeira quinzena tem o festival da Nossa Senhora da Imaculada Conceição, que é nacional, e uma festa de Los Negritos no sul do país. A segunda me interessou mais por ser algo mais do interior, local mesmo.
  • Se eu tiver amigos que foram ou moraram n lugar , obviamente são fonte excelente de informações. De qualquer forma, eu não necessariamente sigo recomendações, afinal cada um gosta de uma coisa.

Fase 2 – Listando e Organizando

Depois das pesquisa, vem a lista.

  • Arenal Hotsprings, Cerro Chirripó, El Toledo Coffee Tour, Isla de Cocos, Liberia, Los Negritos (Boruca), Mini Sapo, Nossa Sra Imaculada Conceição, Playa Manoel Antonio, Playa Uvita, Rio Celeste, Tamarindo, Tortuguero, Volcan Arenal, Volcan Poas, Zipline em Fortuna, Monteverde

Com essa lista inicial já consigo ver no mapa uma lógica e identificar o que foge muito do roteiro e pode precisar de muito tempo de deslocamento.

Então o negócio agora é priorizar. Sei que Vulcão Arenal, Rio Celeste são prioridades que não posso voltar sem ter visto. A costa do Pacífico parece ter praias mais interessantes, então se tiver que escolher um lado, é para lá que eu vou. Sei que Isla de Cocos e Boruca podem complicar a logística e tomar muitos dias.

Visto isso, me organizo em volta do que é principal e defino quantos dias dormir em cada cidade.

Fase 3 – Definindo uma rota mestra

Terei 9/10 dias e já sei algumas prioridades. Como minhas prioridades ficam mais ao norte e meu tempo é limitado, devo começar por este lado. Como o litoral parece lindíssimo, vou ao máximo tentar pegar estradas a beira-mar e ir parando quando possível. Tenho o carro e a possibilidade de mudar as coisas, mas a princípio devo fazer a volta ao país da seguinte maneira.

Obs: Essa rota é preliminar, depois da viagem, conto se funcionou e o que é imperdível!

Rota Preliminar de carro - Costa Rica
Rota Preliminar de carro – Costa Rica

 

A próxima etapa é fazer um controle de tudo que foi planejado até agora e verificar se é necessário algum ajuste, se por conta do tempo, seja por conta do dinheiro.

Homero Carmona

Blogueiro desde 2008, ano em que fez seu primeiro intercâmbio e começou a viajar por aí! Atualmente coleciona mais de 40 países no seu passaporte e sonha conhecer todos os 200 e poucos por este mudão a fora... Seu hobby é fazer com que mais gente viaje, todo dia, cada dia mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *